Banca de DEFESA: JOELMA DA SILVA SOUZA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOELMA DA SILVA SOUZA
DATA: 23/02/2016
HORA: 08:30
LOCAL: Sala de Reuniões - Direção EAJ
TÍTULO:

ESTRATÉGIAS DE MANEJO INTERMITENTE NO CAPIM-MASSAI PARA PRODUÇÃO DE OVINOS DE CORTE


PALAVRAS-CHAVES:

componentes morfológicos, manejo do pasto, interceptação luminosa, índice de área foliar


PÁGINAS: 55
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
RESUMO:

Objetivou-se avaliar as características estruturais de capim-massai submetido a dois níveis de interceptação luminosa e duas alturas de pós-pastejo e o desempenho de ovinos de corte em lotação intermitente. Os tratamentos avaliados foram: 90/15; 95/15; 90/25; 95/25. Os animais foram manejados em pasto de capim-massai pelo método de pastejo intermitente, durante três ciclos de pastejo com taxa de lotação variável, onde o início do período de ocupação de cada piquete foi determinado pelo nível de interceptação de luz (IL) pelo dossel, enquanto que o final foi determinado pela altura dos resíduos. O pasto foi avaliado quanto à massa de forragem total no pré e pós-pastejo, as porcentagens de participação dos constituintes morfológicos e as taxas de acúmulo de forragem.  Para as avaliações de desempenho e produção animal foi mensurado o consumo total de matéria seca, o ganho de peso vivo médio diário e o ganho de peso vivo total. O comportamento ingestivo dos ovinos foi avaliado em intervalos de cinco minutos, determinando-se o tempo despendido em pastejo, ruminação, ócio (minuto) e taxa de bocado (bocado/minuto). A massa de foragem foi semelhantes entre os tratamentos, não foi verificado efeito (P<0,05) para o acúmulo e taxa de acúmulo de forragem entre os tratamentos e os ciclos de pastejo. Os estratos acima de 15 e 25 cm foram os que apresentaram as maiores massa de lâmina foliar e menor massa de colmo. Nos tratamentos 90/15; 90/25 e 95/25 foram encontradas as maiores porcentagens de folhas no pré-pastejo. O ganho de peso vivo total não diferiu entre os tratamentos, porém o ganho de peso médio foi maior para os animais dos tratamentos 90/15; 90/25 e 95/25. O capim-massai pode ser manejado com interceptação luminosa no pré-pastejo e altura de pós-pastejo de 90/15; 90/25 e 95/25, pois apresentam maior porcentagem de folhas, menor intervalo de pastejo e melhor desempenho de ovinos em pastejo intermitente.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - DENISE BAPTAGLIN MONTAGNER - EMBRAPA
Presidente - 986835 - GELSON DOS SANTOS DIFANTE
Externo à Instituição - JOAO VIRGINIO EMERENCIANO NETO - IFRN
Interno - 1726100 - MARCONE GERALDO COSTA
Notícia cadastrada em: 11/02/2016 15:03
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao