Banca de QUALIFICAÇÃO: RODRIGO COUTINHO MADRUGA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RODRIGO COUTINHO MADRUGA
DATA: 21/07/2015
HORA: 09:00
LOCAL: Programa de Pos-graduação em produção animal -UAECIA-EAJ,Macaíba-RN
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO LEITE DE TANQUE EM REBANHOS COMERCIAIS DA RAÇA GUZERÁ E GUZOLANDO ½ SANGUE


PALAVRAS-CHAVES:

Bos indicus, Bos taurus, gado de leite, produção animal, semiárido


PÁGINAS: 38
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Produção Animal
ESPECIALIDADE: Manejo de Animais
RESUMO:

  A participação das raças zebuínas na atividade leiteira no Brasil vem aumentando a cada ano, tendo em vista o grande número de animais Zebu e seus mestiços utilizados nos sistemas de produção de leite. Objetivou-se avaliar a composição e qualidade higiênico-sanitária do leite em tanques de expansão em rebanhos comerciais da raça Guzerá PO e Guzolando nas estações secas e chuvosas no estado do Ceará. O trabalho foi realizado nas Fazendas Potrinha (rebanho Guzerá-PO) e São Carlos (rebanho Guzolando ½ sangue), ambas particulares, localizadas no município de Madalena-CE. Foram analisados dados referentes a 15 meses de coletas: de julho de 2012 a setembro de 2013. As coletas foram realizadas diretamente nos tanques de expansão, após homogeneização após homogeneização por meio de agitação mecânica do leite armazenado. Foram coletadas 214 amostras, sendo 107 em frascos (450 ml) contendo o conservante Bronopol® e 107 em frascos (450 ml) contento Azidiol®. Após a amostragem,o leite foi armazenado em recipientes térmicos refrigerados e, encaminhadas para à Clínica do Leite (ESALQ/USP), onde foram realizadas análises de gordura, proteína, lactose, contagem de células somáticas (CCS) e contagem bacteriana total (CBT). Além dos grupamentos genéticos (Guzerá e Guzolando), foram definidas também como variáveis experimentais as estações climáticas. Os dados foram submetidos à análise de variância e ao teste “F” de Fischer. As diferenças entre as médias foram comparadas utilizando-se o teste de Tukey, ao nível de 5% de probabilidade para o erro tipo I. Verificou-se a seguinte composição média para o leite de animais Guzerá e Guzolando, respectivamente: 4,57 e 4,05% de gordura; 3,71 e 3,39% de proteína; 4,67 e 4,61% de lactose. O teor de gordura do leite não variou de acordo com o ano e estações do ano. Para a proteína, verificou-se maior percentual da mesma no leite no ano de 2012, sem variações de acordo com as estações do ano. O teor de lactose foi maior durante o ano de 2012 e durante o inverno e primavera. Já para a CCS e CBT, foram observados, no ano de 2012, valores bem inferiores aos obtidos durante o ano de 2013. No que diz respeito às estações do ano, a CCS e CBT apresentaram os menores valores durante a primavera, com variações nas demais estações do ano. Os animais da raça Guzerá produzem leite com maior concentração de gordura, proteína e lactose e podem contribuir para a melhoria da qualidade do leite no rebanho guzolando. No rebanho Guzolando ½ sangue  estudado a   composição e a qualidade higiênico-sanitária do leite são influenciadas pelo ano e pelas estações climáticas. 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2313454 - ADRIANO HENRIQUE DO NASCIMENTO RANGEL
Interno - 057.116.734-91 - AURINO ALVES SIMPLICIO - UFRN
Externo à Instituição - STELA ANTAS URBANO - UNIVASF
Notícia cadastrada em: 22/07/2015 17:21
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao