Banca de DEFESA: APAULIANA DANIELA LIMA DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: APAULIANA DANIELA LIMA DA SILVA
DATA: 26/03/2015
HORA: 13:00
LOCAL: Prédio das Pós-Graduações
TÍTULO:

Farelo do bagaço de caju na restrição alimentar qualitativa para suínos em terminação



PALAVRAS-CHAVES:

alimento alternativo, fibra, histomorfologia, nutrição, suinocultura


PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
RESUMO:

Objetivou-se com este estudo avaliar os efeitos do farelo do bagaço de caju (FBC) como ingrediente de rações em programas de restrição alimentar sobre as características da carcaça, qualidade da carne, peso dos órgãos e morfometria intestinal de suínos machos castrados e fêmeas. Foram utilizados vinte e quatro suínos mestiços (machos castrados e fêmeas) com peso médio inicial de 57,93 ± 3,67 kg/PV. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados em um esquema fatorial 3x2, sendo três níveis (0%, 15% e 30% de FBC), dois sexos e quatro repetições. Totalizando 24 parcelas. Os tratamentos foram compostos por uma dieta basal (DB), contendo milho, farelo de soja e núcleo comercial para suínos em terminação, sendo suplementada com diferentes níveis de FBC. No final do período experimental os animais foram abatidos para a avaliação da carcaça, qualidade da carne, Peso Absoluto (PA) e Peso Relativo (PR) dos órgãos e estudo morfométrico de fragmento do intestino delgado. A inclusão de FBC nas dietas não afetou a qualidade das carcaças das fêmeas, mas interferiu positivamente nas carcaças dos machos castrados, aumentando o rendimento de carne na carcaça resfriada e reduzindo a espessura de toucinho, sem afetar o perfil dos ácidos graxos. Observou-se aumento do peso dos órgãos e volume parcial da mucosa absortiva (Vv) das fêmeas. Quando se comparou os resultados entre sexo, os machos apresentaram maior peso do fígado e densidade de superfície da mucosa absortiva (Sv). Neste contexto, o FBC apresentou-se como um ingrediente a ser utilizado em programas de restrição alimentar qualitativa para suínos na fase de terminação.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1605626 - ELISANIE NEIVA MAGALHAES TEIXEIRA
Presidente - 2793246 - JOSE APARECIDO MOREIRA
Externo à Instituição - LEONARDO ATTA FARIAS - UFPI
Notícia cadastrada em: 09/03/2015 10:55
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao