Banca de DEFESA: FABRICIO EHM MARTINS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FABRICIO EHM MARTINS
DATA: 16/03/2015
HORA: 14:00
LOCAL: sala de Videoconferência 4 da SINFO, no Campus Central da UFRN
TÍTULO:

COMPOSIÇÃO MINERAL DA DIETA DE PEQUENOS
RUMINANTES NO SERTÃO DE CRATEÚS, CEARÁ


PALAVRAS-CHAVES:

caprinos, ovinos, macroelementos, microelementos, semiárido.


PÁGINAS: 49
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
RESUMO:

As  pastagens  no  Brasil  em  geral  são  pobres  em  minerais  e  como
consequência  os  caprinos e ovinos em regime de pastejo são afetados por deficiências
em  minerais.  o  objetivo  deste  estudo  foi  estabelecer  o  conteúdo  de  minerais  na  dieta
consumida  por  caprinos  e  ovinos  em  pastagem  nativa,  e  estabelecer  o  incremento
mineral do conteúdo endógeno  na dieta de caprinos e ovinos.  A pesquisa foi  realizada
no  período  de  maio  a  julho  de  2014,  no  município  de  Independência,  Ceará.  Foram
coletas amostras de extrusas,  durante seis dias consecutivos a cada mês, de caprinos e
ovinos  fistulados  no  rúmen  para  estabelecer  o  perfil  de  minerais  consumidos.  Para
estabelecer a contaminação mineral da saliva sobre a dieta  foram coletadas amostras de
extrusas  de  caprinos  e  ovinos  alimentados  no  cocho,  em  que  se  conhecia  o  perfil
mineral  da  dieta  fornecia,  por  três  dias  consecutivos.  As  analises  foram realizadas  no
laboratório de solos da UFV, foram realizada analises para os minerais P, K, Ca, Mg, S,
Cu, Fe, Zn, Mn, Se, Mo, Co e Cr.  Foi  utilizado delineamento inteiramente casualizado
com  esquema  fatorial  de  3x2  e  2x2.  Com  exceção  do  manganês  e  cromo,  todos  os
minerais  estudados  apresentaram  diferença  significativa  no  conteúdo  mineral  entre
caprinos e ovinos. Para variável tempo (mês) não houve interferência no conteúdo de P,
Ca, Fe, Zn, Mn e Mo  consumido pelos animais.  No  estudo da contaminação  endógena
sobre  a  dieta,  com  exceção  do  manganês,  todos  os  minerais  de  origem  endógena
interferiram  no  conteúdo  mineral  da  dieta.  Não  houve  diferença  significativa  entre
caprinos e ovinos sobre a contaminação endógena.  Não existe diferença no consumo de
alguns minerais entre caprinos e ovinos e entre os meses estudados, o  conteúdo  mineral
endógeno de P, K, Ca, Mg, S, Cu, Fe, Zn, Mo e Cr são  responsáveis por contaminar via
dieta ingerida por caprinos e ovinos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1282620 - HENRIQUE ROCHA DE MEDEIROS
Interno - 127.568.146-87 - LUCIANO PATTO NOVAES - NENHUMA
Externo à Instituição - DIEGO BARCELOS GALVANI - EMBRAPA
Externo à Instituição - MARCO AURELIO DELMONDES BOMFIM - EMBRAPA
Notícia cadastrada em: 05/03/2015 15:25
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao