Banca de DEFESA: LORENA CUNHA MOTA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LORENA CUNHA MOTA
DATA: 21/02/2014
HORA: 09:30
LOCAL: Sala da PPGPA
TÍTULO:

IMPACTO DO FARELO DO BAGAÇO DO CAJU NA ALIMENTAÇÃO DE SUÍNOS DOS 60 AOS 90 KG: ESTUDO DA DIGESTIBILIDADE DOS NUTRIENTES, DESEMPENHO E VIABILIDADE ECONÔMICA. 


PALAVRAS-CHAVES:

alimento alternativo, Anacardium occidentale, nordeste, suinocultura.


PÁGINAS: 35
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Produção Animal
RESUMO:

O Nordeste brasileiro é um dos maiores produtores de castanha de caju, sendo que o pseudofruto do caju é em grande parte descartado pelas indústrias tornando-o um subproduto de baixo custo e com maior oferta na estação seca da região. Em virtude disto, o presente estudo teve como objetivo avaliar o desempenho de suínos em terminação,alimentados com rações de diferentes níveis de inclusão do farelo do bagaço do caju (FBC), assim como a digestibilidade dos nutrientes e viabilidade econômica das rações. O estudo foi realizado em duas etapas. No 1º experimento foram desenvolvidas a análise química das rações, ensaio de digestibilidade com coleta total de fezes de 10 suínos machos castrados com média de peso inicial de 60kg, alojados em gaiolas metabólicas, dos quais cinco receberam ração referência e cinco receberam ração teste com 30% de FBC. O 2º experimento foi composto por 40 animais com média de 60kg delineados em esquema fatorial de blocos casualizados, contendo 5 tratamentos de FBC (0%, 7,5%, 15,0%, 22,5% e 30%) e 4 repetições para realizar o ensaio de desempenho e avaliação econômica das rações. Foram submetidos à análise de variância e regressão os dados de consumo diário de ração, ganho de peso diário e conversão alimentar. Conclui-se como este estudo que suínos em terminação podem ser alimentos com dietas contendo até 30% de FBC, sem comprometer o desempenho. Contudo, o nível que melhor garantiu rentabilidade, através do estudo de viabilidade econômica foi o de 7,5% de inclusão de FBC.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 026.977.198-06 - JOSE APARECIDO MOREIRA - CAPES
Interno - 1605626 - ELISANIE NEIVA MAGALHAES TEIXEIRA
Externo à Instituição - JOAO BATISTA LOPES - CNPq
Notícia cadastrada em: 18/02/2014 09:24
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa20-producao.info.ufrn.br.sigaa20-producao