Banca de QUALIFICAÇÃO: ANNA SYNNARA CAVALCANTE OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANNA SYNNARA CAVALCANTE OLIVEIRA
DATA: 19/12/2013
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 01 da PPGPA
TÍTULO:

CARACTERIZAÇÃO DE SISTEMA DE PRODUÇÃO DE LEITE NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE


PALAVRAS-CHAVES:

Programa do leite, Sistema de Produção


PÁGINAS: 40
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Produção Animal
RESUMO:

A produção de leite é um dos sistemas que mais requerem atenção do produtor rural. Tendo em vista que o sistema define-se como um conceito dinâmico, onde a unidade produtiva é definida por um potencial, caracterizada por índices zootécnicos e econômicos, percebe-se que os seus resultados revelam a manipulação de fatores produtivos. O sistema de produção de leite é oneroso ao produtor rural, que em sua grande maioria depende de associações ou de sindicatos que realizem a regulamentação do valor padrão estabelecido e com isso permitam a sustentação da atividade. Nos últimos anos, a crise na bacia leiteira do Rio Grande do Norte tem deixado os produtores rurais em alerta. Visto que eram na sua grande maioria mantidos pelo Programa do Leite que foi criado para combater a mortalidade infantil na década de 1990 e chegou a uma produção diária de 600 mil litros de leite, atendendo assim a cerca de 150 mil famílias. Atualmente, devido à crise ocasionada pela intensa seca e por problemas de gestão política, os produtores estão receosos quanto à longevidade do programa. Diante disso, será exposta a realidade de duas propriedades que mudaram o seu foco de atividade leiteira, tendo em vista a falta de rentabilidade financeira e a ausência de políticas públicas que regulem o setor leiteiro no estado do Rio Grande do Norte. Foram coletados os dados dos índices zootécnicos entre os anos de 2009 a 2012 para diagnóstico da propriedade. Dentre os dados coletados estão a produção média diária de leite, os dias de lactação, a persistência de lactação, a idade ao primeiro parto, a taxa de concepção e o intervalo entre partos. Além disso, outros fatores foram analisados e são relacionados com as estruturas físicas e a estrutura total do rebanho, sendo essas estruturas compostas por: maquinário, instalações, área e manejo utilizado, a estruturação do mercado que engloba a venda de animais, compra de insumos e alimentos. Em consonância, foi realizada uma entrevista com os produtores que resolveram abandonar a atividade e com base no ponto de vista destes produtores foi realizada uma analise da real situação do sistema de produção leiteira no estado do Rio Grande do Norte.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2313454 - ADRIANO HENRIQUE DO NASCIMENTO RANGEL
Interno - 1282620 - HENRIQUE ROCHA DE MEDEIROS
Presidente - 127.568.146-87 - LUCIANO PATTO NOVAES - NENHUMA
Externo ao Programa - 1160199 - SERGIO MARQUES JUNIOR
Notícia cadastrada em: 09/12/2013 08:49
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa20-producao.info.ufrn.br.sigaa20-producao