PPGH/CCHLA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA Telefone/Ramal: Não informado https://posgraduacao.ufrn.br/ppgh

Banca de DEFESA: FELIPE SOUZA LEAO DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FELIPE SOUZA LEAO DE OLIVEIRA
DATA: 31/08/2012
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório D do CCHLA
TÍTULO:

A ESCRITA DO TEMPO E A POÉTICA DO ESPAÇO: História e Espaço no livro Geografia do Brasil Holandês de Luís da Câmara Cascudo


PALAVRAS-CHAVES:

Luís da Câmara Cascudo, Espaço, Brasil Holandês, Poética da História, Geografia


PÁGINAS: 221
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: História
RESUMO:

Em 1956, Luís da Câmara Cascudo publicou seu livro Geografia do Brasil Holandês. Neste livro, ele estudou e descreveu um espaço – o “Brasil Holandês” – de uma perspectiva histórica e geográfica. Para fazer isso, ele articulou ambas as perspectivas do ponto de vista de sua própria leitura da História do Nordeste, estabelecendo um diálogo com a tradição historiográfica de estudo do “Brasil Holandês” em Pernambuco. Mas como ele construiu seu livro, pensando seus principais temas e a própria categoria do espaço? A partir de qual lugar de fala social e cultural ele o produziu? Que estratégias discursivas ele utilizou para construir sua interpretação desse momento do passado, dentro da perspectiva de uma História do Nordeste? Nossa hipótese é que ele escreveu seu livro se aproximando e, ao mesmo tempo, discordando e se afastando de dois dos maiores representantes da tradição historiográfica pernambucana no século XX: José Antônio Gonsalves de Mello e Gilberto Freyre. Nós testaremos nossa hipótese adotando uma perspectiva de uma Poética do Espaço, utilizando os trabalhos de Hayden White e Michel de Certeau. Nosso método consiste em estudar a estrutura do Geografia do Brasil Holandês na relação com seu contexto, apreendido através de revistas, jornais e cartas enviadas e recebidas por Cascudo, durante as décadas em que ele se aproximou dos temas do “Brasil Holandês”, da Geografia e da própria tradição historiográfica pernambucana.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 336185 - DURVAL MUNIZ DE ALBUQUERQUE JUNIOR
Interno - 1280374 - RENATO AMADO PEIXOTO
Externo à Instituição - TEMISTOCLES AMÉRICO CORRÊA CÉZAR - UFRGS
Notícia cadastrada em: 13/08/2012 11:31
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao