PPGH/CCHLA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA Telefone/Ramal: Não informado https://posgraduacao.ufrn.br/ppgh

Banca de DEFESA: KRISHNA LUCHETTI

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : KRISHNA LUCHETTI
DATA : 14/02/2022
HORA: 14:00
LOCAL: meet.google.com/zfy-nbvc-ibj
TÍTULO:

UMA MIRÍADE DE SENSAÇÕES: FRANCISCO DANTAS E A CONSTRUÇÃO DO ESPAÇO LITERÁRIO (1991-1997).


PALAVRAS-CHAVES:

Literatura e História; Francisco J.C. Dantas; Espaço literário; Experiência; Recordação;


PÁGINAS: 206
RESUMO:

A partir das três primeiras obras literárias escritas por Francisco José Costa Dantas, respectivamente Coivara da memória (1991), Os desvalidos (1993) e Cartilha do silêncio (1997), este trabalho analisa a construção de um espaço literário que representa o estado de Sergipe entre os anos de 1900 até 1950. As narrativas de Dantas recriam esse Sergipe do passado por meio de suas sentenças e imaginação, essa última movida por experiências e
recordações. Para tanto, procuro examinar quais são os aspectos que compõem este lugar do passado forjado por criatividade, vivências e palavras. A vista desse objetivo, irei investigar como Francisco Dantas construiu sua identidade enquanto autor e intelectual em Sergipe, assim como analisarei sua repercussão enquanto escritor no cenário nacional e local. Em seguida, irei perquirir o quanto Francisco Dantas articula suas experiências pessoais e familiares na produção de sua literatura, recriando espaços de sua juventude. Assim como, irei problematizar a ação dos personagens na sociedade sergipana recriada pelo autor, examinando as tensões sociais, e comparando esses homens e mulheres feitos por sentenças aqueles que pertenciam a experiência do vivido de Francisco Dantas. Desse modo, também busco compreender como o autor mobiliza o regionalismo em sua literatura, para construir esse recorte espacial nordestino, repleto de nostalgia e tópicas tradicionais regionalistas. A partir da análise de tais elementos, será possível estudar como Francisco Dantas forjou seu Sergipe literário enquanto uma representação criativa do espaço pertencente a experiência do vivido.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - IRANILSON BURITI DE OLIVEIRA - UFCG
Presidente - 2277360 - MAGNO FRANCISCO DE JESUS SANTOS
Interno - 1280374 - RENATO AMADO PEIXOTO
Notícia cadastrada em: 19/01/2022 08:46
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao