PPGH/CCHLA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA Telefone/Ramal: Não informado https://posgraduacao.ufrn.br/ppgh

Banca de DEFESA: FLAVIA CELESTE MARTINI ASSAF

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FLAVIA CELESTE MARTINI ASSAF
DATA : 20/09/2017
HORA: 13:00
LOCAL: INDEFINIDO
TÍTULO:

BOI DE PRATA: POLÍTICA E CULTURA NA ESTREIA DO SERTÃO DO SERIDÓ NO CINEMA TERCEIRO-MUNDISTA BRASILEIRO (1970-1980)


PALAVRAS-CHAVES:

Cinema brasileiro, paisagem, cultura, política, sertão, Seridó, Nordeste, Terceiro Mundo.


PÁGINAS: 171
RESUMO:

Este estudo analisa as muitas faces da primeira representação cinematográfica do Seridó e sua relação com a cultura política do cinema brasileiro. Na virada do ano de 1978 para 1979, era filmado na cidade de Caicó – RN o longa metragem intitulado Boi de Prata, que fez parte da primeira leva de filmes realizados através da política de regionalização da produção da recém-criada estatal de cinema Embrafilme. Ao realizar a película sobre e no sertão do Seridó, seu lugar de origem, o diretor Carlos Augusto Ribeiro Jr elaborou a construção discursiva imagética sobre o sertão seridoense e o Brasil como territórios do Terceiro Mundo, colocando-a como a alternativa na disputa entre a produção espacial de matriz conservadora-regionalista e a de matriz progressista-marxista. Vamos mostrar que o diretor atuou dentro da tradição do cinema brasileiro, que é a de contribuir para a formação da identidade regional e nacional, ao fazer uso de tópicos da cultura popular como a religião, as lendas, a música, a dança e a literatura oral.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 336185 - DURVAL MUNIZ DE ALBUQUERQUE JUNIOR
Presidente - 1518086 - FRANCISCO DAS CHAGAS FERNANDES SANTIAGO JUNIOR
Externo à Instituição - ROSANE KAMINSKI - UFPR
Notícia cadastrada em: 31/08/2017 12:03
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao