PPGH/CCHLA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA Telefone/Ramal: Não informado https://posgraduacao.ufrn.br/ppgh

Banca de QUALIFICAÇÃO: GABRIELA CAVALCANTI MACÊDO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : GABRIELA CAVALCANTI MACÊDO
DATA : 20/04/2017
HORA: 14:00
LOCAL: C5, setor II
TÍTULO:

A PAISAGEM EDÊNICA E SEU USO NA DÉCADA DE 1970 PELO CINEMA BRASILEIRO: UMA ANÁLISE SOBRE O FILME COMO ERA GOSTOSO MEU FRANCÊS


PALAVRAS-CHAVES:

 Paisagem, Cultura visual, Como era gostoso meu Francês.


PÁGINAS: 101
RESUMO:

O presente capítulo tem como objetivo analisar alguns elementos históricos agenciados pela cinematografia nacional dos anos de 1970, notadamente, no filme Como era gostoso meu francês, de Nelson Pereira dos Santos. Através das discussões sobre cultura visual, relacionaremos os estudos visuais e análise histórica, nos interessando identificar as matrizes visuais e discursivas espaciais com os quais o filme dialoga. A partir do recorte espacial da paisagem e do entendimento do filme enquanto alegoria política, a intenção é analisar como a memória social da visão de paraíso e do índio foram atualizadas conforme a necessidade e anseio da produção nacional em meio a Ditadura Civil-Militar (1964-1985). Para isso, no entanto, nos utilizaremos da metodologia narrativa-iconológica, fundamentada na narratologia de David Bordwell (2013) e iconologia de W.J.T. Mitchell (2000). A narrativa é a maneira fundamental de se compreender o mundo fílmico e a iconologia crítica de Mitchell (2000) sustenta-se no que o autor chama de “virada imagética”, o picturial turn. Para ele, a imagem tem um papel central no desempenhar da crítica social, e está associada a regimes de visibilidade. Ou seja, uma imagem está sempre em trânsito, sendo assimilada e assimilando novos valores. Dito isto, o presente trabalho partirá da análise das representações fornecidas pela cultura visual, como os relatos do século XVI, pinturas de diferentes períodos históricos e como elas influenciaram a composição da imagem e a organização formal do filme, estrutura e elementos estéticos de forma a compreender como o filme percebe e constrói uma determinada imagem de Brasil. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1518086 - FRANCISCO DAS CHAGAS FERNANDES SANTIAGO JUNIOR
Interno - 1149464 - HELDER DO NASCIMENTO VIANA
Interno - 1280374 - RENATO AMADO PEIXOTO
Notícia cadastrada em: 17/04/2017 16:43
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao