PPGH/CCHLA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA Telefone/Ramal: Não informado https://posgraduacao.ufrn.br/ppgh

Banca de QUALIFICAÇÃO: ALEDSON MANOEL SILVA DANTAS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ALEDSON MANOEL SILVA DANTAS
DATA : 14/12/2016
HORA: 09:00
LOCAL: C4, setor II
TÍTULO:

AOS VENTOS E CONVENTOS: POLÍTICA E HIERARQUIAS ESPACIAIS EM RECIFE E OLINDA (1654-1709)


PALAVRAS-CHAVES:

Palavras-chave: Hierarquias espaciais, equipamentos urbanos, vila, cidade.


PÁGINAS: 90
RESUMO:

Busca-se, neste trabalho, analisar a importância dos equipamentos urbanos, assim como da presença propriamente dita de autoridades régias detentores de ofícios, e do status que Recife e Olinda possuíam e sua relação com as disputas pelo controle político e administrativo da capitania de Pernambuco, na segunda metade do século XVII. O período posterior à expulsão dos holandeses de Pernambuco, ocorrida em 1654, é rico em conflitos políticos, e teve o seu momento mais crítico em 1711, com a deflagração de uma guerra civil na capitania, motivada pela emancipação do Recife em relação a Olinda. Um ponto importante nas disputas ocorridas entre essas duas localidades é a necessidade de reestruturação da economia e do espaço físico da capitania, principalmente da vila de Olinda após sua destruição pelos holandeses, sendo o desejo mais latente da elite açucareira vinculada à câmara. Apesar das dificuldades enfrentadas, esse grupo permaneceu politicamente dominante durante boa parte do período compreendido entre 1654 e 1711. Nesse momento histórico, a região do Recife, lugar tradicional dos grandes comerciantes, enfrentava uma situação oposta, pois se tornou e permaneceu como o centro mais dinâmico em termos populacionais, urbanos e econômicos, mas não alcançou uma situação de poder próxima da elite açucareira. O desenvolvimento urbano do Recife e de Olinda influenciou os direcionamentos que a coroa portuguesa tomou na definição da sede da capitania e na concessão dos títulos de “cidade” ou “vila”, na configuração, portanto, de uma hierarquia espacial. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1324248 - CARMEN MARGARIDA OLIVEIRA ALVEAL
Externo à Instituição - GEORGE FELIX CABRAL DE SOUZA - UFPE
Externo ao Programa - 1788270 - JULIANA TEIXEIRA SOUZA
Interno - 1149437 - RAIMUNDO PEREIRA ALENCAR ARRAIS
Notícia cadastrada em: 12/12/2016 14:37
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa27-producao.info.ufrn.br.sigaa27-producao