PPGH/CCHLA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA Telefone/Ramal: Não informado https://posgraduacao.ufrn.br/ppgh

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOÃO PAULO ARAÚJO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOÃO PAULO ARAÚJO
DATA: 25/04/2016
HORA: 13:00
LOCAL: C4 - SETOR II
TÍTULO:

A Cena Heavy Metal em Natal/RN e a produção do discurso niilista nos espaços de sociabilidade nas décadas de 1980 e 1990


PALAVRAS-CHAVES:

Palavras chave: Terceiro lugar; Identidade; Cena musical;


PÁGINAS: 75
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: História
RESUMO:

O presente trabalho visa construir com a história da cena metálica em Natal/RN na decada de 1980-2000, os espaços de sociabilidade e a analise do discurso niilista através de sua produção cultural. Para isso iremos primeiro perceber como no cenário mundial o jovem foi cada vez mais ganhando espaços na sociedade em que ele pudesse produzir uma identidade sua. Dessa maneira, a cultura musical se mostrou importante para entender como diversas gerações(1930-1970) passaram a se inserir na sociedade através de artistas, roupas, revistas, e assim construíram, a partir destas suportes, seus prórios lugares enquanto sujeitos da história. Os espaços de sociabilidade, juntamente com a música, foram se desenvolvendo, saindo do mundo adulto para abraçar as camadas mais jovens. Funcionavam como pontos de convergência, um terceiro lugar. Não eram espaços do trabalho, ou da educação, mas da liberdade, da exploração de seus corpos, mentes, e mundos. Um local de convergência em que a produção cultural jovem foi em cada geração diferênciada por cada momento histórico, cada lugar geográfico. No primeiro capítulo teremos como compreender a dimensão dos lugares em que a juventude passou utilizando a indústria da moda, da música, do mercado de trabalho, da educação universitária e de como estes espaços modelaram gerações a ressignificar o sentido de juventude. No capítulo seguinte, as lojas de discos serão mostradas como um espaço agregador da juventude metaleira no Brasil e como ela se articulava com o mundo. Já o terceiro capítulo iremos discutir como este cenário produziu uma cena musical jovem através dos espaços de sociabilidade em Natal onde o discurso niilista aparece como uma forma de segregar os pares, aproximar, e de mostrar seu descontentamento em relação ao mundo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149464 - HELDER DO NASCIMENTO VIANA
Interno - 336185 - DURVAL MUNIZ DE ALBUQUERQUE JUNIOR
Interno - 1518086 - FRANCISCO DAS CHAGAS FERNANDES SANTIAGO JUNIOR
Notícia cadastrada em: 14/04/2016 15:09
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa26-producao.info.ufrn.br.sigaa26-producao