PPGH/CCHLA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA Telefone/Ramal: Não informado https://posgraduacao.ufrn.br/ppgh

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOÃO VINÍCIUS GONDIM FEITOSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOÃO VINÍCIUS GONDIM FEITOSA
DATA: 29/08/2013
HORA: 15:00
LOCAL: C5, setor II de aulas.
TÍTULO:

“Sonho e cura: O culto de Asclépio em Epidauro entre os séculos IV e II a. C.”


PALAVRAS-CHAVES:

 espaço onírico, cura, Asclépio.


PÁGINAS: 175
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: História
RESUMO:

 Mudanças profundas marcaram a sociedade grega a partir do século IV a. C.. As diversas conquistas, guerras e epidemias alteraram drasticamente a postura do grego em relação a sua vida pública, a sua concepção de deuses e, consequentemente, a construção de seus espaços, sejam eles profanos ou sagrados. Asclépio, uma divindade médica, ganha uma popularidade, em todo o mundo grego, jamais vista até então, a partir de seu culto na região de Epidauro. Este deus era cultuado de uma maneira peculiar, através de sonhos. O sonho era tido, para os gregos, como um espaço de existência real, era um espaço sagrado e mítico, e poderia ser acessado nos rituais de cura de Asclépio. O trabalho se propõe, deste modo, a compreender este espaço onírico, principalmente através das inscrições, das estruturas arquitetônicas do santuário e dos textos antigos que fazem referência ao contexto do período, pois entendemos que este espaço foi a condição essencial para a popularização do culto, pois colocava o indivíduo em contato direto com a divindade, numa rara proximidade entre homens e deuses admitida pelo imaginário grego até então.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1518086 - FRANCISCO DAS CHAGAS FERNANDES SANTIAGO JUNIOR
Interno - 6350775 - HENRIQUE ALONSO DE ALBUQUERQUE RODRIGUES PEREIRA
Presidente - 1543236 - MARCIA SEVERINA VASQUES
Notícia cadastrada em: 15/08/2013 12:38
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa18-producao.info.ufrn.br.sigaa18-producao