PPGARC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS DIREÇÃO DO CCHLA Telefone/Ramal: (84) 99193-6340 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgarc

Banca de DEFESA: LEILA BEZERRA DE ARAUJO

Uma banca de DEFESA foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: LEILA BEZERRA DE ARAUJO

DATA: 02/07/2010

HORA: 15:00

LOCAL: Sala 21 do Departamento de Artes

TÍTULO:

DANÇA E PROCESSOS DE CRIAÇÃO: UMA EXPERIÊNCIA PARA PENSAR O CORPO


PALAVRAS-CHAVES:

Processo de Criação, Dança, Corpo


PÁGINAS: 146

GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes

ÁREA: Artes

SUBÁREA: Dança

ESPECIALIDADE: Execução da Dança

RESUMO:

O trabalho investiga o processo de criação da coreografia “A Partida”, realizado no período de 2006 a 2007, na Gaya Dança Contemporânea, projeto de extensão do Departamento de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. O Objetivo é descrever esse processo de criação, considerando os elementos cênicos significativos para seus criadores, bem como discutir tais significados como ponto de referência de reflexões sobre o corpo no campo da dança. O percurso metodológico tem na experiência dos participantes do processo sua principal referência. Como meio de aproximação dessas experiências, foram realizadas entrevistas individuais como os sete sujeitos envolvidos: cinco bailarinos, um ator e uma diretora. O uso de imagens também foi significativo por permitir uma aproximação entre processo e produto coreográfico, dando um teor estético às falas dos sujeitos. Para análise das entrevistas foi utilizada a análise temática de conteúdos proposta por Bardin (1977). A análise dos dados considera que o processo de criação de “A Partida” significou para os artistas envolvidos compreender a criação artística a partir de um corpo cultural e social, simultaneamente individual e coletivo. Representou criar formas expressivas na dança mediante experiências particulares para o alcance do coletivo e intensificar as razões que os impulsionaram a criar artisticamente, através da produção e articulação de elementos cênicos, da expressão de variadas linguagens artísticas e da construção de uma dramaturgia individual e coletiva fundada no corpo. Significou também viver uma experiência inédita de construção coletiva e refletir sobre a técnica e a estética do corpo que evoca a dança contemporânea. Acreditamos que alguns apontamentos sobre as escolhas artísticas e estéticas do grupo e o seu fazer coletivo, no momento enfocado por esta pesquisa, podem ampliar a discussão sobre o corpo no contexto da arte e o papel do bailarino em um processo de criação em dança.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 3230406 - JOSE SAVIO OLIVEIRA DE ARAUJO
Presidente - 1038320 - KARENINE DE OLIVEIRA PORPINO
Externo à Instituição - MÁRCIA MARIA STRAZZACAPPA HERNANDEZ - UNICAMP
Notícia cadastrada em: 06/07/2010 16:20
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao