PPGARC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS DIREÇÃO DO CCHLA Telefone/Ramal: (84) 99193-6340 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgarc

Banca de DEFESA: ALLAN PHYLLIPE GOMES CASSEMIRO DE ARAÚJO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ALLAN PHYLLIPE GOMES CASSEMIRO DE ARAÚJO
DATA : 25/02/2019
HORA: 14:30
LOCAL: Departamento de Artes, Sala 38D
TÍTULO:

Entre a dor e o amor: A excitação do corpo sensível, as memórias e os afetos nos processos de criação cênica.


PALAVRAS-CHAVES:

Corpo Sensível; Afeto; Memória; Gênero; Processo de Criação


PÁGINAS: 107
RESUMO:

O presente trabalho apresenta uma reflexão acerca da excitação do corpo sensível que foi desenvolvida dentro do Grupo Arkhétypos e estudada no decorrer do meu Trabalho de Conclusão de Curso de Licenciatura em Teatro (2015) na Universidade Federal do Rio Grande do Norte.  O corpo sensível, que busco conceituar, é aquele em que a abertura para a troca com o outro se torna plena, despertando afetos e reacendendo memórias. Tal estudo se pauta no conceito proposto por Francisco Duarte Junior (2001) do sensível, que remete aos sentimentos e emoções adquiridos no decorrer de nossas histórias e encontros. A pesquisa aborda também o conceito de Memória defendido por Bergson e de afetos e sua interpessoalidade – afetar e ser afetado – trabalhado por Spinosa. O estudo sobre esta excitação deste corpo sensível é realizado a partir do meu trabalho de intérprete-criador dentro do processo de criação do espetáculo Gosto de Flor, um trabalho cênico que situa-se entre a Dança e o Teatro e que aborda a temática do amor dentro da perspectiva do universo masculino/homoafetivo. O espetáculo contou com a direção de Lara Machado e foi desenvolvido no ano de 2017 pelo Grupo Arkhétypos. Analisando o processo de criação pude constatar que este despertou memórias em meu corpo e produziu afecções que me fizeram resignficar a dor e reconhecê-la como potência para a criação cênica. No decorrer do trabalho eu me doo, me entrego e exponho minhas memórias a partir de uma discussão de gênero decorrente do processo criativo, e finalizado o trabalho concluindo que o corpo sensível também tem uma dimensão política.


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 172.043.118-33 - LARA RODRIGUES MACHADO - UNICAMP
Externa à Instituição - LÍGIA LOSADA TOURINHO - UFRJ
Presidente - 1754863 - ROBSON CARLOS HADERCHPEK
Notícia cadastrada em: 31/01/2019 09:16
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao