PPGARC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS DIREÇÃO DO CCHLA Telefone/Ramal: (84) 99193-6340 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgarc

Banca de DEFESA: ARIANE DO NASCIMENTO MENDES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ARIANE DO NASCIMENTO MENDES
DATA : 18/04/2017
HORA: 10:00
LOCAL: Departamento de Artes
TÍTULO:

EXPERIÊNCIA ESTÉTICA E DRAMATURGIA EM DANÇA CONTEMPORÂNEA: um estudo de caso a partir das obras coreográficas “Ego” (2015), “ESCrito Absurdo” (2016) e “Nuance” (2016)


PALAVRAS-CHAVES:

Dança Contemporânea, Experiência Estética, Dramaturgia em Dança.


PÁGINAS: 180
RESUMO:

O objetivo desta pesquisa foi investigar a experiência estética em Dança Contemporânea a partir de obras construídas com movimentos não-representativos, considerando que sua dramaturgia prima por ser não-linear, e sua construção se dá através da materialidade do movimento e do corpo, pela sua investigação. Assim, discutimos sobre como acontecem as experiências estéticas a partir de entrevistas com apreciadores das obras coreográficas escolhidas para compor a pesquisa, além do referencial teórico sobre Dança Contemporânea e sua dramaturgia com autores como Laurence Louppe, Patrícia Leal, Rosa Hercoles, Paulo Caldas, Ana Carolina Mundim, entre outros. A pesquisa foi conduzida pela metodologia qualitativa, de caráter participante, e se caracteriza ainda em um estudo de caso, tendo como objeto norteador a dramaturgia e a experiência estética do espetáculo “Ego” (2015) do Grupo de Dança da UFRN, e do espetáculo “ESCrito Absurdo” (2016) dos criadores Vladimir Rodriguez (Colômbia) e Omar Carrum (México). Também buscamos informações com Diana Fontes, coordenadora geral do Encontro de Dança de Natal/RN, por ser um evento que lida diretamente com apresentações e, portanto, com experiências estéticas em Dança Contemporânea de diversas vertentes. Assim, fizemos recolhimento de material bibliográfico através das entrevistas realizadas com os artistas e apreciadores dos espetáculos supracitados. Além dos depoimentos recolhidos dos apreciadores do trabalho coreográfico “Nuance”, que foi construído para experimentar a construção de dramaturgia apenas com o movimento não-representativo e a possibilidade de uma obra coreográfica ser atividade de mediação de si mesma, bem como atividade de formação de público. A relevância da pesquisa se dá pela contribuição para as discussões sobre público e experiências estéticas em Dança Contemporânea, pois ainda há poucos estudos registrados no Brasil, e mais especificamente em Natal/RN sobre este tema.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - CAROLINA DIAS LARANJEIRA - UFPB
Presidente - 1754349 - PATRICIA GARCIA LEAL
Interno - 2200162 - TEODORA DE ARAUJO ALVES
Notícia cadastrada em: 03/04/2017 15:01
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa23-producao.info.ufrn.br.sigaa23-producao