PPGARC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS DIREÇÃO DO CCHLA Telefone/Ramal: (84) 99193-6340 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgarc

Banca de DEFESA: ERICKALINE BEZERRA DE LIMA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ERICKALINE BEZERRA DE LIMA
DATA: 22/04/2016
HORA: 15:30
LOCAL: DEART - Sala 26
TÍTULO:

Arquivos censurados de Nelson Rodrigues: uma leitura crítica nas redes da criação 


PALAVRAS-CHAVES:

Nelson Rodrigues; Crítica de processo; Redes da Criação; Censura; Arquivo Miroel Silveira.


PÁGINAS: 175
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Artes
SUBÁREA: Teatro
RESUMO:

Nelson Falcão Rodrigues (1912-1980) autor que introduziu a modernidade cênica no Brasil, também se tornou conhecido por retratar, em suas obras, um mundo obscuro tomado por personagens obsessivos e perturbados, tais características foram decisivas para que a censura do Rio de Janeiro e São Paulo o acompanhassem em toda sua trajetória artística. Nesta dissertação, trazemos à luz processos da censura paulistana, das décadas de 40 a 60, referente à três obras teatrais: Senhora dos Afogados, Perdoa-me por me traíres e Boca de Ouro; os quais foram disponibilizados pelo Arquivo Miroel Silveira – AMS da Escola de Comunicação e artes-ECA da Universidade de São Paulo- USP. Através da abordagem denominada Crítica de Processo (SALLES, 2008a), enquanto extensão da Crítica Genética, problematizamos alguns fatores que atravessaram o processo criativo das obras teatrais do dramaturgo. Para tal explanação, fomos guiados pelo conceito de Redes da Criação, do qual foi possível propor a construção de uma rede da criação rodriguiana, que em nossa leitura abarca: o termo filosófico deformação (DIDI-HUBERMAN, 2010); a autocrítica; e a Censura. Propomos uma leitura das 17 peças teatrais do dramaturgo e, em particular dos arquivos em censura, uma vez que indicam um momento específico da construção da obra por conterem originais que foram afastados do alcance do autor. No confronto Documentos de processo versus obra publicada foram mapeadas diversas modificações. Construímos, portanto, essa complexa rede, delimitada pela nossa leitura crítica, porém, capaz de nos aproximar ainda mais do dramaturgo que marcou uma época e continua na contemporaneidade a nos inquietar com seu Teatro desagradável.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ELAINE DA GRAÇA DE PAULA CARAMELLA - PUC - SP
Interno - 3230406 - JOSE SAVIO OLIVEIRA DE ARAUJO
Externo ao Programa - 2145914 - LAIS GUARALDO
Presidente - 1672505 - NAIRA NEIDE CIOTTI
Notícia cadastrada em: 08/04/2016 11:05
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa20-producao.info.ufrn.br.sigaa20-producao