Banca de DEFESA: THAYLA AMORIM SANTINO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : THAYLA AMORIM SANTINO
DATA : 31/08/2022
HORA: 14:00
LOCAL: VIDEOCONFERÊNCIA
TÍTULO:

NOVAS FERRAMENTAS PARA AVALIAÇÃO E MONITORAMENTO DO CONTROLE DA ASMA PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES BRASILEIROS



PALAVRAS-CHAVES:

Inquéritos e Questionários; Psicometria; Criança; Adolescente.


PÁGINAS: 200
RESUMO:

Introdução: A avaliação e o monitoramento rotineiro do controle da asma são aspectos essenciais para um adequado manejo e tratamento da doença, principalmente na infância e adolescência. Apesar da existência de questionários adaptados para avaliar o controle da asma na população brasileira pediátrica, estes apresentam limitações principalmente relacionadas à falta de adequação estrutural para sua aplicabilidade em faixas etárias distintas da infância à adolescência. Objetivo: Disponibilizar novos instrumentos de avaliação, suporte e monitoramento do controle da asma pediátrica para a população brasileira. Métodos e resultados: Foram realizados três estudos, resultando em 5 artigos (1 publicado, 3 para submissão imediata após a implementação das considerações da banca e 1 manuscrito para posterior finalização). O estudo 1 compreende uma revisão sistemática das propriedades de medida dos instrumentos existentes para avaliação do controle da asma. Os métodos do referido estudo seguiram as recomendações do Consensus-based Standards for the selection of health Measurement Instruments (COSMIN). Esta sumariza 79 estudos, contemplando 39 instrumentos. O estudo 2 compreende o processo de tradução, adaptação transcultural e avaliação das propriedades de medida do instrumento pediátrico Asthma Therapy Assessment Questionnaire (ATAQ) para a população brasileira. Este estudo foi conduzido de acordo com recomendações internacionais propostas. O questionário traduzido, considerando suas instruções, itens e opções de resposta, foi considerado adequado pelo comitê multidisciplinar de especialistas (Kappa de fleiss > 0,70) e pela população-alvo (30 pais/responsáveis por crianças ou adolescentes com asma entre 5 e 17 anos). A versão brasileira do ATAQ apresentou evidências de validade e confiabilidade investigadas a partir de uma amostra de 118 participantes. O estudo 3 compreende o desenvolvimento e validação de conteúdo de um sistema eletrônico de Avaliação, Suporte e Monitoramento da Asma (e-ASMA), que contempla instrumentos de medida em saúde (questionário e diário) em três versões destinadas a crianças, adolescentes e pais/cuidadores e o protótipo de um aplicativo para dispositivos móveis. O desenvolvimento e análise da validade de conteúdo dos instrumentos foram realizados de acordo com o COSMIN. Foram realizados grupos focais com representantes do público-alvo (5 crianças, 5 adolescentes e seus pais/responsáveis) para construção do modelo conceitual teórico e subsidiar a geração dos itens. A revisão sistemática realizada no estudo 1 permitiu a identificação de 229 itens e destes, 36 itens foram inicialmente elencados como relevantes para o questionário e 14 itens para o diário. Etapas seguintes de refinamento, resultaram na geração de 32 itens para o questionário e 5 itens para o diário que posteriormente foram analisados, modificados e aprovados por um painel de especialistas (n=6), resultando na exclusão de 12 itens. Em sequência, estes itens foram administrados por meio de entrevistas em profundidade em uma amostra de 10 crianças (7-11 anos) e 6 adolescentes (12 a 18 anos) e 21 pais/responsáveis, sendo destes 6 pais/responsáveis por crianças de 4-6 anos. Conclusões: A revisão sistemática identificou que diversos instrumentos de medida foram desenvolvidos para avaliar o controle da asma em faixas etárias limitadas. Estes instrumentos utilizam diferentes escalas de resposta que em sua maioria foram desenvolvidos em inglês. A versão brasileira do instrumento pediátrico ATAQ encontra-se culturalmente adaptada e apresenta evidências de validade e confiabilidade para o português do Brasil. As versões do questionário e diário que compõem o sistema e-ASMA demonstraram evidências de validade de conteúdo. Os estudos que compõem esta tese podem nortear pesquisas futuras de relacionadas ao controle da asma pediátrica além de alicerçar a investigação das demais propriedades de medida dos instrumentos propostos para o e-ASMA e o seu protótipo.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - ANA CARLA CARVALHO COELHO - UFBA
Externo à Instituição - CELSO RICARDO FERNANDES DE CARVALHO
Externo ao Programa - 1323908 - JOAO CARLOS ALCHIERI - nullPresidente - 2291421 - KARLA MORGANNA PEREIRA PINTO DE MENDONCA
Interno - 350637 - RICARDO OLIVEIRA GUERRA
Notícia cadastrada em: 03/08/2022 14:27
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao