Banca de DEFESA: MARIANA LIBANIO DE MELO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIANA LIBANIO DE MELO
DATA: 27/08/2013
HORA: 09:30
LOCAL: Ufrn- Sala de Multimeios Seto1 sala F2
TÍTULO:

 

 SERVIÇO SOCIAL NA EDUCAÇÃO: ANÁLISE DAS TENDÊNCIAS DOS PERFIS PEDAGÓGICOS DO ASSISTENTE SOCIAL.

 


PALAVRAS-CHAVES:

Palavras- chave: Educação. Perfis Pedagógicos. Serviço Social. Projeto Ético-Político


PÁGINAS: 234
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Serviço Social
SUBÁREA: Serviço Social Aplicado
ESPECIALIDADE: Serviço Social da Educação
RESUMO:

 

RESUMO

 

A dissertação aborda o Serviço Social na educação em Natal/RN apreendendo e analisando as tendências dos perfis pedagógicos dos profissionais em seus diferentes espaços ocupacionais de ensino, incluindo instituições públicas, particulares e sem fins lucrativos. Para esta construção analisa-se o exercício profissional dos assistentes sociais nesses espaços, em que se originam e se encontram num cenário de interesses divergentes que convivem em plena tensão e luta de classes, cuja intervenção profissional se insere no movimento de reprodução das relações sociais. As instituições de ensino são espaços sócio-institucionais inseridos neste contexto e facilitadores para a compreensão dos perfis pedagógicos do assistente social, uma vez que o seu papel político e sua prática educativa definem com maior clareza as relações pedagógicas do assistente social. No processo de intervenção, o assistente social nestas instituições, se volta ao atendimento das condições materiais dos usuários – estudantes e suas necessidades transformadas em demanda e requisições - via os serviços sociais prestados por essas instituições, ao mesmo tempo, em que intervém na maneira de pensar e agir desses indivíduos envolvidos no seu cotidiano profissional na perspectiva de um direcionamento ideológico/político mediante ação educativa. Neste sentido, analisa-se o cotidiano profissional e seus determinantes a partir de um entendimento crítico, em função de compreender o exercício profissional no seu ambiente institucional, considerando o assistente social na condição de trabalhador assalariado e, a partir desta análise, compreender os perfis pedagógicos dos assistentes sociais construídos em seu entorno. A pesquisa não teve a intenção de apontar “modelos” de perfis pedagógicos, mas de apreender as tendências na profissão nesses espaços pedagógicos, a fim de fomentar o debate sobre a dimensão política/ideológica e educativa da profissão e do exercício profissional na educação em Natal/RN. Logo, foram apreendidas e analisadas via entrevista semi-aberta, que identificaram diversas tendências dos perfis pedagógicos caracterizados como de “ajuda, “participação” e de “emancipação”, de acordo com as condições institucionais, conjunturais e do próprio direcionamento profissional do assistente social, como também, na materialização do projeto ético/político da profissão. Ratifica-os, então, como um elemento importante de compreensão do exercício profissional do assistente social na educação e como um espaço rico de análise dos perfis pedagógicos do assistente social no fomento a produção acadêmica acerca do trabalho do assistente social na educação.

 

 

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 6347119 - MARIA CELIA CORREIA NICOLAU
Interno - 1674668 - MARIA REGINA DE AVILA MOREIRA
Externo à Instituição - MARINA MACIEL ABREU - UFMA
Notícia cadastrada em: 19/08/2013 09:26
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao