CCHLA - PPGAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL DIREÇÃO DO CCHLA Telefone/Ramal: (84) 3342-2240 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgas

Banca de QUALIFICAÇÃO: DIOCLÉCIO BEZERRA DA COSTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : DIOCLÉCIO BEZERRA DA COSTA
DATA : 30/09/2022
HORA: 13:00
LOCAL: Banca virtual
TÍTULO:

Educação escolar indígena no Território Mendonça Potiguara


PALAVRAS-CHAVES:

Etnografia; Território Mendonça; Educação Escolar Indígena; Rio Grande do Norte.


PÁGINAS: 55
RESUMO:

A presente dissertação tem o objetivo de entender as dificuldades do processo de implementação da política da Educação Escolar Indígena (EEI), a partir do estudo da Escola Estadual Indígena de Ensino Fundamental e Médio Professor Francisco Silva do Nascimento e da Escola Municipal Professora Alice Soares, da comunidade indígena do Amarelão, município de João Câmara/RN, localizadas no território Mendonça. Está sendo realizada uma etnografia com a participação e envolvimento do próprio autor, que é indígena, com a comunidade investigada, apresentando diálogos com os lideranças e professores indígenas e demais interlocutores que formam a comunidade educativa para entender as mudanças e permanência da implementação da política escolar indígena, o que se dá por meio de uma metodologia qualitativa. Para isso, foi necessário analisar os Projetos Políticos Pedagógicos (PPP’s) das unidades de ensino e os currículos e formação dos docentes indígenas. Isso foi feito, para descobrir possíveis caminhos que pudessem ser traçados durante a implantação da EEI. Para mais, foram formuladas políticas específicas para a educação escolar indígena e observou como o processo educacional seria afetado por essas políticas. Dessa forma, tem como resultados parciais o avanço das políticas públicas direcionadas aos indígenas, como a criação da Comissão de Elaboração da Política Escolar Indígena do Rio Grande do Norte, para orientar as políticas públicas específicas de educação indígena do estado. E escolas convencionais que foram transformadas em unidades de ensino indígenas, com a manutenção e a promoção da cultura das populações indígenas. Portanto, é necessário questionar a relação entre cultura, sociedade e escola. Isso porque a educação escolar indígena difere significativamente da escolarização tradicional, pois o processo de aprendizagem desses povos tem que caminhar juntamente para o fortalecimento da identidade cultural.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2385456 - PAULO VICTOR LEITE LOPES
Interno - 1337383 - JOSE GLEBSON VIEIRA
Interna - 1360691 - RITA DE CASSIA MARIA NEVES
Externo à Instituição - LEANDRO MARQUES DURAZZO
Externa à Instituição - RITA GOMES DO NASCIMENTO
Notícia cadastrada em: 20/09/2022 07:48
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao