CCHLA - PPGAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL DIREÇÃO DO CCHLA Telefone/Ramal: (84) 3342-2240 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgas

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANA MARIA DO NASCIMENTO MOURA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANA MARIA DO NASCIMENTO MOURA
DATA : 21/07/2021
HORA: 09:30
LOCAL: Google Meet - on line
TÍTULO:

ARTE, EXISTÊNCIAS E RESISTÊNCIAS: A FORMAÇÃO DE SUBJETIVIDADES NO CONTEXTO DE ESPETÁCULOS CÊNICOS NO IFRN


PALAVRAS-CHAVES:

Subjetividades; Performances de Estado; Antropologia da Educação; Juventudes; Experiência e Performance.


PÁGINAS: 165
RESUMO:

Essa pesquisa busca compreender como se dá a formação de subjetividades por meio de espetáculos cênicos no espaço escolar do IFRN e em que medida os(as) estudantes possuem agências nesses processos de subjetivação. Os sujeitos em questão são compreendidos como constituídos nas suas relações, práticas e experiências, que podem ser significadas, transformadas e interpretadas a partir de performances artísticas. Tratamos a escola como uma instituição de Estado, elementar no projeto de formação de sujeitos do Estado-Nação, sendo este uma abstração, um efeito, que se constrói a partir das práticas cotidianas, mas também por meio de performances culturais. Os(as) estudantes são agentes que desenvolvem suas práticas e elaboram subjetividades em meio a disputas de narrativas e projetos de Nação, trazendo ecos de confrontos que se sobressaem no cenário nacional, mas também articulando suas experiências a partir de vivências familiares, movimentos sociais e outros grupos da comunidade local. Assim, debruçamo-nos sobre o processo de produção e apresentação de espetáculos cênicos no âmbito do IFRN, por meio de observação etnográfica de eventos culturais intercampi, entrevistas e análise documental, aprofundadas a partir da interação com estudantes do Núcleo de Artes do campus Mossoró. As primeiras análises evidenciam as temáticas de violência de gênero, sexualidade, saúde mental, padrões de beleza, racismo e desigualdade social como as principais questões abordadas pelos(as) estudantes em suas performances artísticas, tecendo uma narrativa pautada na ideia de resistência.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1691014 - ROZELI MARIA PORTO
Interna - 2313763 - ANGELA MERCEDES FACUNDO NAVIA
Interna - 1149569 - ELISETE SCHWADE
Interno - 2385456 - PAULO VICTOR LEITE LOPES
Interna - 1360691 - RITA DE CASSIA MARIA NEVES
Externa à Instituição - FATIMA WEISS DE JESUS - UNAMA
Notícia cadastrada em: 14/07/2021 09:33
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa18-producao.info.ufrn.br.sigaa18-producao