Banca de DEFESA: GISELE SILVA MARQUES DE MELO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : GISELE SILVA MARQUES DE MELO
DATA : 03/12/2021
HORA: 14:30
LOCAL: https://meet.google.com/heq-szos-qrb
TÍTULO:

A BIODIVERSIDADE NO ENSINO DE ZOOLOGIA E INTERFACES COM A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL


PALAVRAS-CHAVES:

Análise de conteúdo. Atividades práticas no ensino. Letramento jurídico. Diversidade animal. Sensibilização ambiental


PÁGINAS: 140
RESUMO:

A Zoologia corresponde a uma área das ciências da vida que tem recebido atenção de vários pesquisadores envolvidos com os aspectos do ensino e da aprendizagem sobre a diversidade animal, seja ela como parte dos conteúdos de Ciências e Biologia na educação básica, ou como componente curricular na educação superior. Considerando que a Zoologia se constitui uma área de conhecimento de relação íntima com o ambiente onde os organismos vivem, e que os temas ambientais possibilitam abordagens sob o ponto de vista interdisciplinar, foi conduzida uma pesquisa bibliográfica de natureza qualitativa que investigou como os aspectos ambientais foram evidenciados no percurso dos estudos de Zoologia ministrados para estudantes do curso de graduação em Ciências Biológicas da UFRN, com especial atenção à biodiversidade e sua relação com o meio ambiente. Tratando-se de uma investigação focada em trabalhos publicados ao longo de 15 anos (2006 a 2020), foram utilizados elementos da metodologia de análise de conteúdo sistematizada por Laurence Bardin. Para esse estudo selecionou-se uma amostra de análise que abrangeu 73 trabalhos, produzidos por pesquisadores e/ou estudantes vinculados ao componente curricular denominado Biodiversidade, da matriz curricular do curso de Ciências Biológicas da UFRN, como também, vinculados às disciplinas subsequentes, após mudanças de nome ao longo da trajetória de ajustes curriculares. A amostra de análise selecionada focou em conteúdos que possibilitaram a descrição de quatro categorias envolvendo a contextualização ambiental no ensino de Zoologia. Essa análise incluiu comentários sobre os trabalhos que foram considerados mais representativos para esses esclarecimentos nos quatro tópicos de cunho ambiental destacados. Por meio de uma análise quantitativa da amostra em estudo observou-se que a quantidade de trabalhos citando normas e regulamentos da legislação ambiental, embora pequena (32,87% do total), foi crescente ao longo do tempo, variando de 22,22% no quinquênio 2006-2010 a 75% no quinquênio 2016-2020. Algumas referências aos aspectos legais que regulamentam a realização de atividades para finalidades didáticas e científicas com a biodiversidade in situ incluíram a Instrução Normativa nº 03/2014-ICMBio. Como forma de contribuir para ampliação desse enfoque jurídico-normativo para com a biodiversidade desenvolveu-se como produto educacional um material informativo, direcionado principalmente aos discentes da licenciatura em Ciências Biológicas, intitulado “Enfoques sobre a regulamentação das atividades com biodiversidade nas práticas de ensino e aprendizagem sobre animais”, que aborda sobre alguns regulamentos dispostos na Instrução Normativa nº 03/2014-ICMBio e na Lei Arouca, de interesse para os profissionais da área biológica.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 338397 - ELINEI ARAUJO DE ALMEIDA
Externa ao Programa - 347010 - ROSANGELA GONDIM D OLIVEIRA
Externa à Instituição - ANA CARLA IORIO PETROVICH
Notícia cadastrada em: 29/11/2021 13:40
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao