Banca de QUALIFICAÇÃO: JADSON ALEXANDRE SILVA LIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JADSON ALEXANDRE SILVA LIRA
DATA : 17/12/2020
HORA: 14:30
LOCAL: Plataforma Google Meet
TÍTULO:

INFLUÊNCIA DA FOTOBIOMODULAÇÃO NA VIABILIDADE E PROLIFERAÇÃO DE CÉLULAS-TRONCO DO LIGAMENTO PERIODONTAL HUMANO CULTIVADAS NA SUPERFÍCIE DE FILMES DE ÁCIDO POLILÁTICO


PALAVRAS-CHAVES:

Engenharia tecidual; biomateriais; células-tronco; laser; proliferação celular.


PÁGINAS: 46
RESUMO:

O ácido polilático (PLA) é um biomaterial com diversas aplicações biomédicas e tem se destacado como um arcabouço promissor na engenharia de tecidos principalmente devido à sua biocompatibilidade, fácil manipulação e baixo custo. O laser de baixa intensidade (LBI) tem se mostrado uma ferramenta útil para promover a bioestimulação in vitro de vários tipos celulares. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da fotobiomodulação com LBI na viabilidade e proliferação de células-tronco do ligamento periodontal humano (hPDLSC) cultivadas em arcabouços de PLA. Filmes de PLA foram produzidos e a morfologia da superfície foi avaliada por microscopia eletrônica de varredura (MEV) e microscopia de força atômica (AFM). As hPDLSC foram isoladas, caracterizadas e cultivadas nos filmes de PLA e os espécimes foram divididos em dois grupos: Controle – não irradiado; e Laser – submetido à irradiaação com laser diodo (InGaAIP) com comprimento de onda de 660 nm, potência de 30 mW, e dose única de 1 J/cm², de modo contínuo. As análises de viabilidade celular foram realizadas 24 e 48 horas após a irradiação através do ensaio bioquímico Alamar Blue e do ensaio morfológico Live/Dead. Os eventos do ciclo celular foram avaliados por citometria de fluxo e a interação célula-biomaterial foi avaliada por MEV. Os filmes produzidos exibiram uma superfície plana e regular, com presença eventual de pequenos poros e rugosidade média de 59,381 nm. Os resultados do ensaio Alamar Blue mostraram uma maior atividade metabólica celular no grupo irradiado em relação ao controle em 24 (p<0,05) e 48 h (p<0,001), o que foi confirmado no ensaio Live/Dead por uma maior densidade de células viáveis no grupo Laser. Na análise do ciclo celular o grupo Laser apresentou um aumento de células na fase G2/M comparado com o grupo Controle (p<0,001). As imagens da MEV mostraram uma maior densidade celular no grupo irradiado, com manutenção da morfologia e projeções celulares. Em conjunto, os achados deste estudo demonstraram que fotobiomodulação tem a capacidade de aumentar a viabilidade e proliferação das células-tronco periodontais cultivadas em arcabouços de PLA.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2220417 - CARLOS AUGUSTO GALVAO BARBOZA
Interna - 1298808 - MARCIA CRISTINA DA COSTA MIGUEL
Externo à Instituição - CARLOS EDUARDO BEZERRA DE MOURA - UFERSA
Notícia cadastrada em: 07/12/2020 08:19
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa16-producao.info.ufrn.br.sigaa16-producao