Banca de DEFESA: JOSELÚCIA DA NÓBREGA DIAS

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOSELÚCIA DA NÓBREGA DIAS
DATA : 17/12/2020
HORA: 19:00
LOCAL: PLATAFORMA REMOTA
TÍTULO:

EFEITO DE TRATAMENTOS DE SUPERFÍCIE, CIMENTO RESINOSO E ENVELHECIMENTO NAS CARACTERÍSTICAS INTERFACIAIS E NA DURABILIDADE DE UNIÃO DE RESTAURAÇÕES SEMIDIRETAS À DENTINA


PALAVRAS-CHAVES:

Adesividade. Cimentos de resina. Falha de restauração dentária.

 


PÁGINAS: 50
RESUMO:

Resumo

A técnica semidireta realizada com resina composta pode ser uma excelente opção de tratamento para restaurações profundas e extensas em dentes posteriores devido às dificuldades técnicas no uso da resina composta pela técnica direta, como também pelos maiores custo e tempo de tratamento das restaurações indiretas com porcelana. O objetivo do estudo foi avaliar o efeito de diferentes tratamentos da superfície da restauração, tipos de cimento resinoso para cimentação e tempos de envelhecimento na durabilidade de união à dentina, padrão de falhas e nanoinfiltração de restaurações semidiretas. Foram utilizados 320 incisivos bovinos (N=320), dos quais foram obtidos discos de 4.0 mm de espessura e, na sua porção mais central, foi confeccionado um preparo cavitário cônico com 4.8 mm de diâmetro superior e 2.8 mm de diâmetro inferior. As amostras foram divididas em 16 grupos de acordo com o cimento resinoso, tratamento de superfície da resina e tempo de envelhecimento: Cimento RelyX Ultimate (ULT) 24h, ULT+Silano (S) 24h, ULT+Single Bond Universal (SBU) 24h, ULT+S+SBU 24h, Cimento RelyX U200 (U200) 24h, U200+S 24h, U200+SBU 24h, U200+S+SBU 24h, ULT 6 meses (6m), ULT+S 6m, ULT+SBU 6m, ULT+S+SBU 6m, U200 6m, U200+S 6m, U200+SBU 6m, U200+S+SBU 6m. As análises realizadas foram: Resistência de União à extrusão por push out (RU), Padrão de Falha (PF) e Nanoinfiltração (NI). Os dados foram analisados através de estatística descritiva e inferencial utilizando ANOVA Three Way com Post Hoc de Tukey (p<0,005). Para RU, houve diferença estatisticamente significativa entre os tipos de cimentos resinosos, os tratamentos de superfície e os tempos de envelhecimento (p<0,005). Na análise do PF, o ULT apresentou o maior percentual de falha mista, quando a fratura ocorreu simultaneamente em dentina ou material restaurador e na interface adesiva, em ambos os tempos de envelhecimento e quando foi utilizado associado ao SBU ou ao S+SBU como tratamento de superfície da resina. Os diferentes tratamentos de superfície e tempos de envelhecimento não influenciaram a nanoinfiltração na interface cimento-resina. CONCLUSÃO: De acordo com os resultados encontrados nesse estudo laboratorial, observou-se um melhor desempenho para o ULT e entre os tratamentos de superfície, o uso de SBU possibilitou maior RU, porém não influenciou a nanoinfiltração na interface cimento-resina.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2292784 - ISAUREMI VIEIRA DE ASSUNCAO
Interna - 1459400 - ADRIANA DA FONTE PORTO CARREIRO
Externo ao Programa - 1645492 - ALEX JOSE SOUZA DOS SANTOS
Externa à Instituição - ANA KARINA MACIEL DE ANDRADE - UFPB
Externo à Instituição - ISABELA PINHEIRO CAVALCANTI LIMA - UERN
Notícia cadastrada em: 01/12/2020 14:22
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa20-producao.info.ufrn.br.sigaa20-producao