Banca de QUALIFICAÇÃO: RAUL ELTON ARAÚJO BORGES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RAUL ELTON ARAÚJO BORGES
DATA : 01/12/2020
HORA: 14:00
LOCAL: PLATAFORMA REMOTA
TÍTULO:

VALIDAÇÃO DO INSTRUMENTO DE DIAGNÓSTICO EPIDEMIOLÓGICO DA DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR- IDE/DTM  


PALAVRAS-CHAVES:

Transtornos da articulação temporomandibular, Diagnóstico, Epidemiologia, Estudos de Validação, Métodos.


PÁGINAS: 47
RESUMO:

O diagnóstico e avaliação da disfunção temporomandibular (DTM), torna-se complexo devido a sua etiologia multifatorial e a variedade de instrumentos disponíveis para esse fim. Muitos deles possuem limitações metodológicas ou logísticas, ou então, não são confiáveis e válidos, dificultando assim o levantamento epidemiológico da DTM no país. Diante disso, o objetivo deste estudo é validar um instrumento de diagnóstico epidemiológico de DTM – IDE/DTM, de fácil aplicabilidade para estudos epidemiológicos nacionais. Trata-se de um estudo de validação e transversal, que dará continuidade as etapas para obtenção de validade do instrumento IDE/DTM, baseadas na: estrutura interna, confiabilidade, validade de critério e convergente. A coleta de dados será conduzida de dezembro de 2020 a dezembro de 2021, no Departamento de Odontologia da UFRN, juntamente ao serviço do Centro Integrado de Atendimento a portadores de Disfunções do Aparelho Estomatognático (CIADE). A amostra será composta por usuários do CIADE e população em geral, que possuam idade acima de 18 anos, selecionados por conveniência. O plano amostral obedecerá uma proporção mínima de 10 participantes para cada item do instrumento (12 itens), totalizando 120 indivíduos na etapa de validade da estrutura interna e confiabilidade, essa regra também será aplicada para validade de critério e convergente, sendo o total de sujeitos ajustado à medida que o instrumento for sendo avaliado. A validade da estrutura interna será obtida a partir da análise fatorial confirmatória. Enquanto a confiabilidade, através da consistência interna dada pelo valor de alfa de Cronbach (α>0,70), a reprodutibilidade pelo teste-reteste, calculando-se o coeficiente de correlação intraclasse (CCI>0,70), e a equivalência interavaliadores pelo Kappa ponderado. Na validade de critério e convergente, será aplicado o IDE/DTM em relação ao DC/TMD atual padrão-ouro no diagnóstico de DTM. Os resultados dos instrumentos serão correlacionados, e a partir disso serão observados os valores de sensibilidade e especificidade dentro dos parâmetros considerados ideais (IC > 95%), para assim se obter a última versão validada do construto. Como resultados, espera-se a validação de um instrumento de avaliação e diagnóstico de fácil aplicação, simples e confiável que possibilite a identificação de DTM em levantamentos epidemiológicos nacionais, com o intuito de construir uma série histórica inédita desse agravo no país. Com isso, auxiliar no planejamento e criação de políticas públicas de identificação, controle e tratamento da DTM no Sistema Único de Saúde (SUS).


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1149540 - ANGELO GIUSEPPE RONCALLI DA COSTA OLIVEIRA
Presidente - 1678126 - PATRICIA DOS SANTOS CALDERON
Interno - 1640419 - RODRIGO OTHAVIO DE ASSUNCAO E SOUZA
Notícia cadastrada em: 04/11/2020 10:43
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao