Banca de DEFESA: KAIZA DE SOUSA SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : KAIZA DE SOUSA SANTOS
DATA : 09/09/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Plataforma Google Meet
TÍTULO:

IMPACTO DE UMA MEDICAÇÃO SISTÊMICA ASSOCIADA À APLICAÇÃO TÓPICA PÓS-OPERATÓRIA DE UM DESSENSIBILIZANTE NA ALTERAÇÃO DE COR DENTÁRIA PROMOVIDA POR PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO DE ALTA CONCENTRAÇÃO


PALAVRAS-CHAVES:

Clareamento dentário. Peróxido de hidrogênio. Cor. Pigmentação.


PÁGINAS: 57
RESUMO:

Este estudo objetivou avaliar a eficácia do clareamento dentário em consultório quando utilizada medicação sistêmica com paracetamol/codeína (PACO) pré- e pós-operatória e aplicação pós-operatória de dessensibilizante tópico. Tratou-se de um ensaio clínico controlado, randomizado, triplo cego do tipo boca dividida com 14 dias de acompanhamento. Quarenta voluntários participaram do estudo. Metade ingeriu a medicação PACO e a outra metade placebo (PLA) uma hora antes do procedimento clareador e por 48 horas após a cada 6 horas, e tiveram seus hemiarcos direitos e esquerdos aleatoriamente designados a receber aplicação de uma pasta profilática (PAS) e o Dessensibilize Nano P®(NP), gerando-se quatro grupos de manejos terapêuticos por hemiarcos: G1 (PLA+PAS), G2 (PLA+NP), G3 (PACO+PAS) e G4 (PACO+NP) (n=20). Duas sessões de clareamento foram realizadas em toda amostra com peróxido de hidrogênio a 35% com duas aplicações de 20 minutos, com intervalo de uma semana entre cada sessão. A avaliação da cor foi realizada pela Escala VITA Classical® e Colorímetro ShadeEye NCC®. A análise estatística foi feita através do teste ANOVA a 2 fatores com pós teste de Tukey utilizando-se o software GraphPad Prism 8.0. O tratamento clareador com peróxido de hidrogênio a 35% produziu alteração de padrão de cor após o clareamento (p<0,001) e sem diferenças estatisticamente significativas entre os manejos terapêuticos (p>0,05). Portanto, o clareamento dentário em consultório utilizando-se o peróxido de hidrogênio a 35 % não mostrou comprometimento de sua eficácia clínica relacionada à cor após aplicação dos protocolos dessensibilizantes testados.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2042290 - BONIEK CASTILLO DUTRA BORGES
Interna - 2292784 - ISAUREMI VIEIRA DE ASSUNCAO
Externo à Instituição - JOSUÉ JÚNIOR ARAÚJO PIEROTE
Notícia cadastrada em: 31/08/2020 09:32
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao