Banca de DEFESA: ANA LARISSE CARNEIRO PEREIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANA LARISSE CARNEIRO PEREIRA
DATA : 24/09/2020
HORA: 14:30
LOCAL: PLATAFORMA REMOTA
TÍTULO:

 

 EXATIDÃO DE UM NOVO DISPOSITIVO PARA ESCANEAMENTO INTRAORAL NA CAPTURA DA ANGULAÇÃO E DA DISTÂNCIA ENTRE OS IMPLANTES EM ARCOS DESDENTADOS MANDIBULARES


PALAVRAS-CHAVES:

Implantação de Prótese Dentária; Imageamento tridimensional; CAD/CAM; Arcada Edêntula.


PÁGINAS: 84
RESUMO:

Este estudo controlado não-randomizado, do tipo transversal tem como objetivo analisar a exatidão de um novo dispositivo para escaneamento intraoral na captura da angulação e distância dos implantes em arcos desdentados mandibulares. Um total de 10 pacientes reabilitados com prótese provisória mandibular do tipo total fixa implantossuportada retida por quatro implantes foram submetidos a três métodos de moldagem. Grupo SC (escaneamento intraoral com os corpos digitais), grupo SD (escaneamento intraoral com o dispositivo) e grupo CT (captura de transferência da posição dos implantes). Um scanner de laboratório foi utilizado para digitalizar os modelos físicos (grupo CT). A partir de um software de inspeção os arquivos STL foram sobrepostos para mensuração do sistema de coordenadas tridimensional. As variações nas coordenadas para os deslocamentos lineares (Δx, Δy e Δz), deslocamento 3D total (√Δ𝑥2+Δ𝑦2+Δ𝑧2 ) e ângulos de projeção (ΔθXY, ΔθXZ e ΔθYZ) foram analisadas estatisticamente (p=0,05). As distâncias entre os implantes foram mensuradas através de um software de inspeção. Na busca de correlações entre as coordenadas e as distâncias entre os implantes, utilizou-se o coeficiente de correlação de Spearman (p<0,05). Quanto a exatidão, os deslocamentos lineares para o grupo SD foi superior ao grupo SC, para Δy (SC: 2,82; SD: 0,63) e Δz (SC: 2,06; SD: 0,70) (p<.05). Diferenças estatisticamente significativas não foram encontradas para Δx (SC:-0,17; SD:-0,21) (p<.05). Quanto aos deslocamentos angulares, SD apresentou menor variação angular nos três planos de projeção em comparação ao grupo SC. O grupo SD mostrou exatidão para capturar as distâncias entre os implantes (SC: 20,15; SD: 21,46; CT: 21,52) (p<0,05). Não foram observadas correlações entre as coordenadas e as distâncias. O novo dispositivo para escaneamento intraoral (Grupo SD) apresentou exatidão para os deslocamentos lineares, angulares e as distâncias entre os implantes em arcos desdentados mandibulares. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1459400 - ADRIANA DA FONTE PORTO CARREIRO
Externa ao Programa - 2492886 - SAMIRA ALBUQUERQUE DE SOUSA
Externo à Instituição - RICARDO FARIA RIBEIRO
Notícia cadastrada em: 27/08/2020 10:37
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao