Banca de DEFESA: ANA CAROLINA MACEDO DA SILVA DIAS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANA CAROLINA MACEDO DA SILVA DIAS
DATA : 27/02/2020
HORA: 14:30
LOCAL: AUDITÓRIO DO DEPARTAMENTO DE ODONTOLOGIA
TÍTULO:

ANÁLISE DA IMUNOEXPRESSÃO DE 8-HIDROXI-2’-DEOXIGUANOSINA

EM LIQUEN PLANO ORAL



PALAVRAS-CHAVES:

Líquen plano; Estresse oxidativo; Dano ao DNA; Imuno-histoquímica


PÁGINAS: 56
RESUMO:

O Líquen Plano Oral (LPO) é uma doença mucocutânea crônica imunomediada e relativamente comum na mucosa oral. Diversas pesquisas têm sido desenvolvidas com intuito de elucidar a patogênese dessa lesão, uma vez que esta ainda é desconhecida, destacando-se as pesquisas que utilizam biomarcadores de estresse oxidativo. Dentre esses biomarcadores, encontra-se a 8-hidroxi-2’-deoxiguanosina (8-OHdG), que é gerada após danos oxidativos no DNA. O objetivo deste estudo foi avaliar o dano oxidativo ao DNA no LPO por meio da expressão imuno-histoquímica da 8-OHdG, para verificar o possível envolvimento deste biomarcador na patogênese desta lesão. A imunoexpressão da proteína anti-8-OHdG foi avaliada semiquantitativamente em 46 casos de LPO e 17 amostras de mucosa  oral clinicamente normal e os dados submetidos â análise estatística por meio dos testes não-paramétricos de Kruskall-Wallis e Mann Whitney, com nível de significância estabelecido em 5% (p> 0,05). Ao analisar a imunoexpressão do 8-OHdG nas formas erosivas e reticulares do LPO e na mucosa oral normal, foi observada tendência à maior imunoexpressão nuclear da 8-OHdG nos LPOs erosivos, em comparação aos LPOs reticulares e à mucosa oral normal. Contudo, o teste não-paramétrico de Kruskall-Wallis não evidenciou diferenças estatisticamente significativas entre os grupos (p=0,088). Também foi observada tendência à maior intensidade de marcação para a 8-OHdG em casos de LPO reticular e erosivo, se comparados à mucosa oral normal, embora também não tenha sido encontrada significância estatística (p=0,085). Em relação à sintomatologia, foi observada maior imunomarcação tanto citoplasmática quanto nuclear (p=0,004 e p=0,016, respectivamente) da 8-ÓHdG nos casos sintomáticos, em comparação com os casos assintomáticos. Os resultados deste estudo indicam uma forte expressão imuno-histoquímica da 8-OHdG em LPO, sugerindo o papel do estresse oxidativo na patogênese desta doença; no entanto, a ausência de diferença significativa desta expressão quando comparada com a mucosa oral normal demonstra que esse marcador de estresse oxidativo não é indicado como biomarcador para o LPO.


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 2492713 - ERICKA JANINE DANTAS DA SILVEIRA
Externa à Instituição - NATALIA GUIMARAES BARBOSA - F.M.Nassau
Presidente - 350484 - ROSEANA DE ALMEIDA FREITAS
Notícia cadastrada em: 17/02/2020 16:15
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao