Banca de DEFESA: PAULA TAMIÃO ARANTES

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : PAULA TAMIÃO ARANTES
DATA : 07/01/2020
HORA: 08:00
LOCAL: AUDITÓRIO DO DEPARTAMENTO DE ODONTOLOGIA
TÍTULO:

Avaliação in vitro da influência dos cimentos endodônticos na resistência de união sobre estrutura dentinária do assoalho da câmara pulpar de dentes restaurados imediatamente e mediatamente após obturação


PALAVRAS-CHAVES:

Cimentos endodônticos, Materiais restauradores, Sistemas Adesivos


PÁGINAS: 33
RESUMO:

Este estudo tem por finalidade avaliar a influência dos cimentos endodônticos na resistência de união sobre a estrutura dentinária das paredes da câmara pulpar de dentes bovinos restaurados imediatamente e mediatamente após obturação, em que serão avaliados os cimentos endodônticos: Cimento resinoso à base de Hidróxido de cálcio – AH Plus – Dentsply, DeTrey, Konstanz- Alemanha e Cimento de Óxido de zinco e eugenol – Endofill – Dentsply Ind.com. LTDA - Brasil Os adesivos que serão testados para avaliar a resistência de união serão o Single Bond 2® e o Sistema adesivo autocondicionante de 2 passos, utilizando como material restaurador a resina composta Z 350 ®. Após o preparo dos dentes, os mesmos serão seccionados horizontalmente, separando a coroa da raiz, e também a parte incisal, e em seguida seccionados no sentido mésio-distal para que apenas a área da câmara pulpar fique exposta. As amostras serão dívidas em 8 grupos experimentais e 4 controles. Os grupos experimentais apresentarão as variáveis, cimento endodôntico, sistema adesivo e restauração imediata e mediata (7 dias após a endodontia) e, os controles não sofrerão a interferência dos cimentos endodônticos. Será realizada a simulação do tratamento endodôntico através de irrigação com solução de hipoclorito de sódio a 2.5% por 30 minutos, trocando-se a solução a cada 5 minutos, em seguida será lavado com 5 ml de soro fisiológico 0,9% e as câmaras pulpares ficarão em contato com solução de EDTA 17% por 3 minutos, sendo feita nova irrigação com 5 ml de solução fisiológica com seringa e secas em seguida. Os cimentos tanto à base de Óxido de zinco e eugenol como o AH Plus serão manipulados de acordo com instruções do fabricante, inseridos na câmara pulpar por 20 minutos cada, seguida de limpeza com uma bolinha de algodão embebida em álcool 70% esfregando-a por 1 minuto e secando-a em seguida. Os grupos Experimentais de restauração Mediata serão mantidos em recipiente fechado, forrados com gaze embebida em soro fisiológico 0,9%, para hidratação na face vestibular até o momento da restauração, após 7 dias. As amostras terão a dentina da câmara pulpar condicionadas de acordo com cada sistema adesivo seguindo instruções do fabricante. Em seguida, será realizado o tratamento restaurador inseridas 3 camadas de 1,0 mm cada, fotopolimerizada por 20 segundos cada e ao final por 40 segundos. Após aguardado o tempo de armazenamento em estufa a 37ºC, os dentes serão fixados e posicionados no equipamento de corte ISOMET 1000, e realizados cortes para obtenção de palitos de +/-1,0 mm² para em seguida ser realizado o teste de microtração, posicionando a área de adesão perpendicular ao longo eixo de tração. A velocidade dos testes de microtração serão de 1,0mm/min, realizada com uma Máquina de Ensaios Universal com adaptação de uma célula de Carga de 250KN e um software para leitura dos dados e posterior cálculo. Os espécimes fraturados serão observados primeiramente em microscópio óptico, pela metodologia da lupa para classificação do tipo de fratura: Coesiva em camada híbrida, coesiva em resina composta, coesiva em dentina, ou mista sendo em dois ou mais substratos. As medidas da razão entre a média dos valores de carga de ruptura em Newton(N), pelas secções transversais da área delimitada pelo preparo em forma de palito, expressos em Mpa e o tipo de fratura temos por variáveis dependentes. Os valores obtidos da resistência de união serão calculados em Mpa, sendo os dados avaliados pela Análise de Variância de três fatores e para as múltiplas comparações o pós-teste de Tukey-Kramer para diferentes tamanhos de amostras. Todos os cálculos estatísticos serão realizados com o programa SPSS versão 15.0, em nível de significância de 5%.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 3154835 - CICERO ROMAO GADE NETO
Presidente - 1879551 - FABIO ROBERTO DAMETTO
Externa ao Programa - 1059162 - LETICIA MARIA MENEZES NOBREGA
Externa à Instituição - LUANA MARIA MARTINS DE AQUINO - F.M.Nassau
Externo à Instituição - REINALDO DIAS DA SILVA NETO - F.M.Nassau
Notícia cadastrada em: 02/12/2019 09:31
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao