Banca de DEFESA: FRANCISCO LEONARDO DA SILVA JUNIOR

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FRANCISCO LEONARDO DA SILVA JUNIOR
DATA : 18/11/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Odontologia
TÍTULO:

EFICÁCIA DO ILIB-MODIFICADO SOBRE OS PARÂMETROS CLÍNICOS PERIODONTAIS E CONTROLE GLICÊMICO EM PACIENTES COM PERIODONTITE PORTADORES DE DIABETES TIPO II.


PALAVRAS-CHAVES:

Periodontal disease, Periodontitis, Irradiantion Laser Intravenuos of Blood, Diabetes Mellitus


PÁGINAS: 70
RESUMO:

A periodontite e o diabetes mellitus tipo II são condições crônicas com alta prevalência mundial, existindo uma relação bidirecional entre elas. Em função dessa relação, terapias auxiliares têm sido indicadas para o tratamento de periodontite em pacientes diabéticos, incluindo o laser de baixa intensidade. Atualmente, o laser de baixa intensidade tem sido acoplado a uma pulseira sobre a artéria radial, com o objetivo de irradiar as células sanguíneas, através da técnica chamada de ILIB modificado (Intravascular Laser Irradiation of Blood), com melhoria no controle da glicemia plasmática e de processos inflamatórios crônicos.  Este estudo avaliou a eficácia do ILIB modificado na melhoria dos parâmetros periodontais, HbA1c e glicemia em jejum de pacientes com periodontite portadores de diabetes tipo II. Caracterizou-se por um ensaio clínico, duplo-cego e randomizado. Foram incluídos 21 pacientes, os quais foram divididos em: grupo controle (GC) que recebeu o tratamento periodontal convencional  (raspagem e alisamento corono-radicular e orientação de higiene oral) e o grupo teste (GT) que recebeu tratamento periodontal convencional associado a dez aplicações do laser pela técnica do ILIB modificado. Foram avaliados os índices de higiene IPV e ISG, os parâmetros clínicos periodontais SS, PS, NIC e os níveis de glicemia em jejum e HbA1c dos pacientes dos dois grupos, no baseline e após 4 meses (T4). Neste estudo para os parâmetros sanguíneos de Hb1AC, e glicemia em jejum, não observamos diferenças estatisticamente significantes nas analises intergrupos e intragrupos (p<0,05). Com relação aos parâmetros periodontais a análise intragrupos mostrou uma redução estatisticamente significante (p>0,05) entre o baseline e o T4, para os índices de IPV, ISG, SS, PS e NIC. Mas, na análise intergrupos não observamos diferenças estatisticamente significantes (p<0,05), entre o GT e GC para os índices de IPV, ISG, SS, PS e NIC. Desta forma, o ILIB modificado não apresentou melhorias no controle glicêmico e tratamento da periodontite em pacientes com diabetes tipo II.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2085732 - ANA RAFAELA LUZ DE AQUINO MARTINS
Externo ao Programa - 1752956 - EULER MACIEL DANTAS
Externa à Instituição - DALIANA QUEIROGA DE CASTRO GOMES - UEPB
Notícia cadastrada em: 06/11/2019 10:57
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao