Banca de DEFESA: ALIANE DA SILVA BEZERRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ALIANE DA SILVA BEZERRA
DATA : 15/08/2019
HORA: 10:00
LOCAL: Departamento de Odontologia
TÍTULO:

EFEITO A CURTO PRAZO DA LASER ACUPUNTURA NA DOR, ANSIEDADE E DEPRESSÃO DE PACIENTES COM DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR: ENSAIO CLÍNICO RANDOMIZADO


PALAVRAS-CHAVES:

Síndrome da Disfunção da Articulação Temporomandibular; terapia por acupuntura; terapia com luz de baixa intensidade; laser acupuntura; placa oclusal; aconselhamento; fisioterapia; ensaio clínico; ansiedade; depressão


PÁGINAS: 86
RESUMO:

Objetivo: Avaliar o efeito a curto prazo da laser acupuntura comparado com os tratamentos de aconselhamento, placa oclusal e fisioterapia na dor, ansiedade e depressão em pacientes com DTM. Métodos: Foi realizado um ensaio clínico randomizado cego com portadores de DTM, diagnosticados pelo Critério de Diagnóstico de DTM (RDC/TMD). 60 pacientes foram alocados de forma aleatória em quatro grupos distintos: aconselhamento (AC), placa Oclusal (PO), fisioterapia (FP) e laser acupuntura (LA) e foram avaliados no baseline, e com 1 mês após a terapia. Para avaliação da ansiedade foram utilizados HADS, BAI, e o IDATE. Para a depressão foi BDI e HADS. Para dor foi utilizada a EVA. Foi utilizado o teste Kruskal-Wallis com nível de confiança de 95% para análise entre grupos. O pós teste de Mann-Whitney, para verificar onde estava a diferença encontrada entre os grupos. E o teste de classificações assinadas por Wilcoxon, para análise entre os tempos analisados. Resultados: Houve uma redução significativa na sintomatologia dolorosa entre os grupos FP versus AC (p=0,004) e FP versus LA (p=0,006). Quanto aos sintomas de ansiedade, houve redução estatisticamente significativa ao longo do tempo apenas no grupo FP, pelo BAI (p=0,09) e pelo IDATE-E (p=0,042). Nos parâmetros depressivos houve diferença estatisticamente significativa ao longo do tempo pelo BDI nos grupos PO (p=0,044) e LA (p=0,009). Entre os grupos houve diferença estatisticamente significativa pelo BDI, entre PO versus LA (p=0,004), e FP versus LA (p=0,005). E pelo HADS, entre FP versus LA (p=0,012). Conclusão: Dentro das limitações do estudo, pode-se concluir que a laser acupuntura não foi eficaz na redução da sintomatologia dolorosa, dos sintomas de ansiedade e dos parâmetros depressivos dos pacientes diagnosticados com DTM.


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 2946627 - ERIKA OLIVEIRA DE ALMEIDA
Externo ao Programa - 1031499 - LAERCIO ALMEIDA DE MELO
Externa à Instituição - LUANA MARIA MARTINS DE AQUINO - F.M.Nassau
Notícia cadastrada em: 08/08/2019 16:25
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao