Banca de DEFESA: KAREN OLIVEIRA PEIXOTO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : KAREN OLIVEIRA PEIXOTO
DATA : 19/08/2019
HORA: 08:00
LOCAL: Departamento de Odontologia
TÍTULO:

EFEITO EM CURTO PRAZO DA CRÂNIOPUNTURA SOBRE A DOR, DISTÚRBIOS DO SONO E QUALIDADE DE VIDA, EM PACIENTES COM DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR: ENSAIO CLÍNICO RANDOMIZADO


PALAVRAS-CHAVES:

Transtornos da Articulação Temporomandibular; Dor; qualidade de vida, distúrbios do sono, acupuntura


PÁGINAS: 80
RESUMO:

Introdução: A crâniopuntura, modalidade da acupuntura realizada no couro cabeludo, tem sido incorporada no tratamento de várias patologias, principalmente para o alívio da dor crônica. Porém, atualmente não há estudos sobre seu uso na DTM, principal condição de dor orofacial crônica. Objetivo: Avaliar os efeitos da crâniopuntura chinesa em pacientes diagnosticados com DTM, quanto ao sono, a qualidade de vida e a dor; bem como comparar seus resultados ao de terapias tradicionais. Métodos: sessenta pacientes diagnosticados com DTM por meio do RDC/TMD (Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders) foram alocados em quatro grupos de tratamento: Aconselhamento (AC =15), Placa Oclusal (PO=15), Crâniopuntura (CP=15) e Fisioterapia Manual (FM=15). O grupo CP foi conduzido em 8 sessões, duas por semana, durante quatro semanas. Após um mês de tratamento os participantes foram reavaliados. Foi aplicado o questionário PSQI (Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh) com relação aos distúrbios do sono, WHOQOL-bref (World Health Organization Quality Of Life) a respeito da qualidade de vida e a Escala Visual Analógica (EVA) quanto à dor. Os dados obtidos foram analisados por meio do programa SPSS 22.0 (Statistical Package for the Social Science). Resultados: O grupo CP reduziu significativamente os parâmetros relativos a dor (p=0,015), assim como os grupos PO (p=0,01) e FM (p=0,014), após 30 dias de tratamento. O grupo CP melhorou também o sono através do PSQI, contudo apenas os grupos PO (p=0,002), e FM, (p=0,029) melhoraram significativamente. Quanto ao WHOQOL o grupo CP melhorou a qualidade de vida em todos parâmetros analisados, porém esse resultado não foi significativo, semelhante aos demais grupos em que apenas o domínio físico do WHOQOL melhorou de forma significativa no grupo FM (p=0,011), bem como o domínio psicológico no grupo PO (p=0,012). O grupo AC não apresentou resultados satisfatórios no período analisado. Nenhum grupo se mostrou superior aos outros para as variáveis analisadas. Conclusão: A crâniopuntura proporcionou resultados positivos em pacientes com DTM, a curto prazo, em relação a todas as variáveis analisadas, reduzindo significativamente a dor. Seus resultados foram similares aos da placa oclusal e da fisioterapia, e em algumas variáveis, sendo melhor que o aconselhamento. Sendo, portanto, mais uma alternativa aos tratamentos convencionais.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1466265 - GUSTAVO AUGUSTO SEABRA BARBOSA
Externo ao Programa - 1031499 - LAERCIO ALMEIDA DE MELO
Externa à Instituição - LUANA MARIA MARTINS DE AQUINO - F.M.Nassau
Notícia cadastrada em: 08/08/2019 12:14
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa23-producao.info.ufrn.br.sigaa23-producao