Banca de QUALIFICAÇÃO: ANA PAULA SABINO DE MEDEIROS NEVES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANA PAULA SABINO DE MEDEIROS NEVES
DATA : 05/09/2022
HORA: 15:00
LOCAL: Sala Virtal RUTE do HUOL através do link: https://conferenciaweb.rnp.br/webconf/posgraduacao-huol
TÍTULO:

PRONTIDÃO PARA ALIMENTAÇÃO ORAL E DESEMPENHO DA MAMADA DE RECÉM-NASCIDOS PRÉ-TERMO TARDIO COM HIPERBILIRRUBINEMIA SUBMETIDOS A FOTOTERAPIA


PALAVRAS-CHAVES:

Recém-nascido prematuro; Comportamento de sucção; Aleitamento materno; Hiperbilirrubinemia neonatal; Fototerapia.


PÁGINAS: 27
RESUMO:

Introdução: A prematuridade é fator de risco para ocorrência de distúrbios alimentares. No entanto, o recém-nascido pré-termo tardio, em geral, é acompanhado em alojamento conjunto sem manejo diferenciado. A icterícia é a manifestação clínica da hiperbilirrubinemia e ocorre com frequência no período neonatal. O recém-nascido pré-termo tardio apresenta um risco elevado de desenvolver hiperbilirrubinemia significante, sobretudo os de 35 e 36 semanas de idade gestacional. Sabe-se que a bilirrubina em quantidades elevadas é potencialmente neurotóxica e que a fototerapia pode gerar eventos adversos, como a perda hídrica. As dificuldades de alimentação são fator de risco para o aumento dos níveis séricos de bilirrubina Assim, é importante a avaliação da prontidão para alimentação oral e o desempenho da mamada do pré-termo tardio, a fim de investigar possíveis dificuldades da mãe/recém-nascido na amamentação e fornecer dados que possibilitem o manejo adequado em suas dificuldades de alimentação e garantam ao recém-nascido uma mamada efetiva e ingesta adequada. Tais medidas poderão minimizar os riscos do aumento dos níveis séricos de bilirrubina e da fototerapia. Objetivo: Investigar as respostas de prontidão para alimentação oral e dificuldades na amamentação de recém-nascidos pré-termo tardio com hiperbilirrubinemia submetidos a fototerapia. Método: Trata-se de um estudo observacional, analítico, transversal controlado. Realizado em uma maternidade pública de ensino cuja população e amostra é composta por mães e recém-nascidos pré-termo tardio acompanhados no alojamento conjunto. As díades mãe/recém-nascido serão divididas em dois grupos, um em que os recém-nascidos apresentam hiperbilirrubinemia com necessidade de fototerapia (grupo caso), e outro no qual os recém-nascidos têm hiperbilirrubinemia considerada fisiológica, portanto, sem necessidade de fototerapia (grupo controle). Para fins de cálculo amostral foi realizado um estudo piloto. As avaliações da prontidão para alimentação oral e desempenho da mamada foram realizadas por meio de instrumentos amplamente reconhecidos para essa finalidade e os níveis de bilirrubina indireta verificados no dia da avaliação pelo médico pediatra. Resultados esperados:Espera-se que os recém-nascidos com hiperbilirrubinemia submetidos à fototerapia apresentem menores índices de escore na avaliação da prontidão para alimentação oral e na avaliação do desempenho da mamada.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - ANDREA MONTEIRO CORREIA MEDEIROS - UFS
Externa à Instituição - GEOVANA DE PAULA BOLZAN - UFSM
Presidente - 1753208 - HIPOLITO VIRGILIO MAGALHAES JUNIOR
Notícia cadastrada em: 24/08/2022 10:43
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa24-producao.info.ufrn.br.sigaa24-producao