Banca de DEFESA: FELIPE MENDONÇA FONTES GALVÃO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FELIPE MENDONÇA FONTES GALVÃO
DATA : 17/09/2021
HORA: 09:00
LOCAL: GOOGLE MEET - MODO REMOTO
TÍTULO:

OTIMIZAÇÃO E APLICAÇÃO DE NANOREVESTIMENTO SUPERHIDROFÓBICO E CAPACITIVO DE GRAFENO/FLUOROPOLÍMERO VIA SPRAY MIST EM TECIDO POLIESTER


PALAVRAS-CHAVES:

Óxido de Grafeno; Óxido de Grafeno Reduzido, Spray mist, Nanotecnologia, Superhidrofóbico, supercapacitivo.


PÁGINAS: 205
RESUMO:

O conhecimento da estrutura fundamental e das ligações do óxido de grafeno, bem como o alcance de suas aplicações nos campos da engenharia e ciência dos materiais, tiveram um expressivo cresceram científicos na última década. Após 17 anos da sua descoberta, avançados estudos de sua aplicação em energias renováveis, microeletrônica, fotocatálise heterogênea, sensores, biomédica, biotecnologia, compósitos, dentre outras, tem feito deste material um dos objetos de estudos e obtenção de inúmeras patentes atualmente. Os avanços nessas áreas foram impulsionados por melhorias nos métodos utilizados para sintetizar e caracterizar o óxido de grafeno (GO) bem como, sua fase reduzida, o RGO. Com isso esse trabalho efetuou a síntese do GO pelo método de Humme´s e em seguida, realizou a sua redução (RGO) com os agentes redutores: ácido ascórbico, hidrossulfito de sódio, Goldred JMA e Goldred Eko. As amostras reduzidas foram caracterizadas por DRX, RAMAN, FTIR, XPS, BET, HRTEM e MEV-FEG e o mais sustentável foi selecionado e utilizado em todas as fases experimentais seguintes. Assim, este trabalho teve como objetivo principal utilizar um obter RGO via agente redutor ecológico e com isso, para obter um têxtil superhidrofóbico e supercapacitivo. Foi aplicado um planejamento experimental Box-Behken com as variáveis avaliadas no método de aplicação via de spray coating mist dos nanomateriais sobre o tecido de poliéster foram: razão 2RGO/Fluopolímero (massa/massa) de 1/5, 3/15 e 5/25; temperatura de fixação numa rama com infravermelho de 100ºC, 125ºC e 150ºC e tempo de fixação 2, 6 e 10 minutos, tendo como variável de resposta o valor de ângulo de contato. As amostras de tecido de PET com comportamento superhidrofóbico e a controle foi caracterizada quando a modificação microestrutural e colorimétrica. Foi comprovado que o método de funcionalização do tecido de PET foi promissor, obtendo um comportamento superhidrofóbico com ângulo de contato superior a 150ºC e durável a lavagem e teste de fricção. E conclui-se que a funcionalização otimizada foi responsável por obter um material têxtil superhidrofóbico com capacidade de aplicação industrial.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2941160 - JOSE HERIBERTO OLIVEIRA DO NASCIMENTO
Interna - 2614285 - KESIA KARINA DE OLIVEIRA SOUTO SILVA
Externa ao Programa - 2275848 - ELISAMA VIEIRA DOS SANTOS
Externo à Instituição - PIERRE BASILIO ALMEIDA FECHINE - UFC
Notícia cadastrada em: 14/09/2021 12:48
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao