Banca de QUALIFICAÇÃO: NATALYA CRISTINA DE LIMA SOUZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : NATALYA CRISTINA DE LIMA SOUZA
DATA : 15/12/2022
HORA: 15:00
LOCAL: sala virtual - meet.google.com/pbd-xxem-zzv
TÍTULO:

Experiências e potencialidades nos espaços de transição de Cursos de Arquitetura e Urbanismo brasileiros


PALAVRAS-CHAVES:

ambiente de aprendizagem, campus universitário, espaços de transição, Cursos de Arquitetura e Urbanismo.


PÁGINAS: 70
RESUMO:

Dentro de uma perspectiva pedagógica contemporânea sobre aprendizagem em ambientes de ensino superior, a literatura aponta que a distribuição de espaços de transição no campus universitário oferece suporte às atividades que vão além das salas de aula, ajudando a estimular interações entre os estudantes e seus pares e professores. Em Arquitetura e Urbanismo, tradicionalmente o termo “espaços de transição” é empregado no contexto da  relação imediata rua-edifício, porém mais recentemente algumas referências passaram a abranger também acessos e passagens inclusos nas áreas internas das edificações. Partindo desse entendimento, percebe-se que, apesar do avanço nos estudos desse tema, ainda há dificuldade em reconhecer e analisar as características socioespaciais dessas áreas, especialmente em Escolas que abrigam cursos com diversificadas atividades práticas. Assim, esta pesquisa questiona em que contexto as ambiências dos espaços de transição dos Cursos de Arquitetura e Urbanismo (CAUs) se relacionam aos seus potenciais educador e criativo, considerando como hipótese que, embora os usuários e elementos físicos sejam diferentes e substituíveis, nos espaços de transição dos CAUs as relações derivadas do comportamento sócioespacial permanecem basicamente as mesmas. Para tanto, objetiva-se identificar e descrever as características ambientais dos espaços de transição de CAUs brasileiros, a fim de investigar seus potenciais educador e criativo. Na investigação dessa hipótese pretende-se realizar um estudo de casos múltiplos com aplicação de multimétodos envolvendo: (i) elaborar painel de especialistas por meio de entrevista semiestruturada com professores de CAUs brasileiros para seleção de casos a estudar; (ii) levantar dados de escolas de AU a investigar; e (iii) realizar de 3 a 5 estudos de caso por meio de observação in loco e entrevistas presenciais com membros dos centros acadêmicos (estudantes) e da coordenação dos cursos (professores). Espera-se que a análise dos espaços de transição de CAUs em diferentes instituições brasileiras, contribua para identificação de um padrão de elementos que os caracterize e de algumas de suas propriedades que possam apoiar a aprendizagem.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149643 - GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
Interno - 1720813 - GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
Externo à Instituição - WILSON RIBEIRO DOS SANTOS JUNIOR - UNICAMP
Notícia cadastrada em: 17/11/2022 09:12
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa16-producao.info.ufrn.br.sigaa16-producao