Banca de DEFESA: GLAYNES CARDOSO VIEIRA SOUTO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : GLAYNES CARDOSO VIEIRA SOUTO
DATA : 13/12/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Remoto
TÍTULO:

NÍVEL DE MATURIDADE BIM EM ESCRITÓRIOS DE ARQUITETURA DA PARAÍBA: Panorama da implantação e análise da implementação


PALAVRAS-CHAVES:

Maturidade BIM. Processo de projeto BIM. Implantação BIM. Arquitetura. Exercício profissional


PÁGINAS: 150
RESUMO:

A implantação do BIM (Building Information Modeling) já vem ocorrendo em alguns países desde a primeira década do século 21, no Brasil essa mudança iniciou um pouco mais tarde. A implementação dessa tecnologia requer a reestruturação das empresas de projeto e a reorganização dos processos de desenvolvimento de projetos. Essa mudança de paradigma proposta pelo BIM em alterar a forma de projetar ainda não está amplamente disseminada no meio profissional. Sendo os escritórios de arquitetura agentes protagonistas no processo de projeto e considerando que estamos diante de um avanço tecnológico e de uma transformação do exercício profissional do arquiteto, o objetivo geral desta pesquisa é analisar a implantação e implementação da tecnologia BIM em escritórios de arquitetura da Paraíba. Considerando as proporções continentais do Brasil, se faz necessário conhecer os dados regionais e assim conseguir superar as barreiras locais apresentadas para a efetiva implantação dessa tecnologia. Sobre os procedimentos metodológicos, a pesquisa se classifica como pesquisa do tipo survey, a fim de traçar um panorama da implantação do BIM na Paraíba, complementada por um estudo de caso, para analisar o nível de maturidade BIM de escritórios e compreender quais os impactos ao exercício profissional na arquitetura. Os resultados da implementação foram analisados através da Matriz de Maturidade BIM, na metodologia desenvolvida por Succar (2009). A avaliação e análise dos dados foi realizada com base na metodologia Análise do Conteúdo, proposta por Bardin (2011). Os resultados evidenciaram que existe um potencial de crescimento no uso da tecnologia BIM entre os escritórios de arquitetura da Paraíba, 83% deles já utilizam ou pretendem fazê-lo futuramente, porém para alcançar os benefícios propostos por essa tecnologia esses agentes precisam estar dispostos a promover significativas mudanças às práticas atualmente adotadas. O nível de maturidade encontrado foi entre baixa e média, e a principal vantagem associada ao uso do BIM é a qualidade do projeto. Além disso, foi constatado que é necessário realizar a disseminação dessa tecnologia entre todos os agentes da indústria da AEC, pois a efetiva implementação só irá ocorrer se existir uma ação conjunta.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 3549781 - BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
Interno - 2508732 - HEITOR DE ANDRADE SILVA
Interna - 1298938 - MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
Externo à Instituição - REYMARD SAVIO SAMPAIO DE MELO - UFBA
Notícia cadastrada em: 23/11/2021 11:26
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa22-producao.info.ufrn.br.sigaa22-producao