Banca de DEFESA: LUISA AMANDA DE MACEDO LIMA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LUISA AMANDA DE MACEDO LIMA
DATA : 25/11/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Ambiente virtual
TÍTULO:

UM ELO ENTRE A ARQUITETURA VERNACULAR E A CONTEMPORANEIDADE: A incorporação de Culturas e Inteligências Construtivas Tradicionais


PALAVRAS-CHAVES:

Cultura construtiva, inteligência construtiva, arquitetura contemporânea/ vernacular.


PÁGINAS: 210
RESUMO:

Esta pesquisa de dissertação tem como principal objetivo investigar como as tradições no ato de construir, presentes na arquitetura vernacular são expressas em obras arquitetônicas do período contemporâneo, associando tecnologias construtivas formais e autóctones, gerando certo hibridismo entre o tradicional e o moderno. No entanto, tais obras são apenas vestígios do que seria uma concepção convencional de arquitetura vernacular, mesmo seguindo uma lógica construtiva de origens distantes. Esta mistura de elementos construtivos opostos pode ocorrer, certas vezes, de forma harmoniosa, o que configura uma contradição diante de teorias sobre a tendência ao desaparecimento da arquitetura vernacular quando em contato com tecnologias contemporâneas. Estas arquiteturas híbridas também podem expressar técnicas e métodos que trazem um senso regionalista ao incorporar aspectos construtivos tradicionais. Neste contexto, a investigação do processo de adaptação de saberes ou conhecimentos vernáculos à atualidade ocorre de forma esquemática, analítica e descritiva. Afinal, quais vestígios dessas antigas tradições no ato de construir podem ser encontrados ao longo desse processo? Para isso, foram propostos dois eixos temáticos correlacionados: Culturas Construtivas e Inteligências Construtivas, referentes aos hábitos construtivos de grupos autóctones e aos seus conhecimentos vernaculares passados de geração a geração. E em seguida, foi desenvolvido um estudo bibliográfico dos autores que tratam deste tema e um levantamento de arquitetos de continentes distintos que atuam (ou atuaram) nos séculos XX e XXI, cujas obras demonstrem a preservação ou adaptação de inteligências construtivas de origem vernacular. Por fim, esta pesquisa mostrou que a harmonia entre estes elementos opostos pode representar um elo entre aspectos da arquitetura vernacular e da arquitetura formal presente na contemporaneidade, através da passagem de conhecimentos tradicionais e do surgimento de novos conhecimentos e abordagens sobre o tema. Assim, essa pesquisa pretende contribuir de forma acadêmica e social em futuras pesquisas sobre o tema, revelando e ressaltando a importância em compreender os processos de adaptação das tradições no ato de construir aos contextos contemporâneos de produção, seus aspectos arquitetônicos sociais, culturais e simbólicos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149450 - RUBENILSON BRAZAO TEIXEIRA
Interno - 1720813 - GEORGE ALEXANDRE FERREIRA DANTAS
Externo à Instituição - THIAGO LOPES FERREIRA
Notícia cadastrada em: 28/10/2021 20:05
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa26-producao.info.ufrn.br.sigaa26-producao