Banca de DEFESA: MARIA CLARISSA GIL DE MEDEIROS BRANDAO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARIA CLARISSA GIL DE MEDEIROS BRANDAO
DATA : 30/04/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Sala virtual (google meet)
TÍTULO:

O SISTEMA DE MEDICAÇÃO EM UM HOSPITAL REGIONAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE: AVALIAÇÃO E PROPOSTA DE INTERVENÇÃO


PALAVRAS-CHAVES:

Segurança do paciente; Sistema de medicação; Erros de medicação.


PÁGINAS: 64
RESUMO:

Introdução: Os erros envolvendo medicação estão entre os principais eventos que atingem os pacientes e trazem sérias consequências individuais e institucionais. Esses eventos podem estar relacionados a qualquer fase do processo de medicação, desde a prescrição, armazenamento, dispensação, preparo e administração. Objetivo: Avaliar a organização do sistema de medicação de um hospital regional do estado do Rio Grande do Norte, em seus aspectos que possam favorecer a ocorrência de erros. Metodologia: Trata-se de um estudo descritivo-exploratório de abordagem quantitativa, onde os dados foram coletados entre os meses de dezembro de 2019 a fevereiro de 2020, após a aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa, através de um roteiro de entrevista estruturado com um dos profissionais responsáveis pelo sistema de medicação e através de um segundo roteiro utilizado para a análise dos prontuários dos pacientes internados no setor de clínica cirúrgica do hospital. As informações coletadas foram organizadas em um banco de dados construído a partir do programa de software IBM SPSS, e apresentados de forma descritiva e em tabelas contendo frequências absolutas e relativas. Resultados e discussão:  Os principais resultados encontrados foram: a maioria das prescrições escritas de forma manual e com cópia carbonada (99,3%), ilegibilidade na grafia destas (90%), uso de siglas, abreviaturas e nomes comerciais (100%), dispensação por dose individual (80%),  ausência de atividade clínica do farmacêutico,  ausência de Comissão de Padronização de Medicamentos e de sistema eletrônico de estoque, armazenamento e dispensação insegura de fármacos, ausência de registros da ocorrência de eventos adversos e erros relacionados a medicação. Conclusões: Avaliar a organização do sistema de medicação do hospital permitiu a identificação de algumas falhas potenciais para a ocorrência de eventos adversos e erros relacionados a medicação e possibilitou a construção de uma proposta de intervenção que pudesse ser utilizada para aperfeiçoar a organização do sistema e assim promover uma assistência mais segura.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2245438 - KELLY SAMARA DE LIRA MOTA
Interna - 3055811 - ANA CARINE ARRUDA ROLIM
Interno - 3050428 - DIEGO BONFADA
Externa à Instituição - BRUNA BRAGA DANTAS
Externa à Instituição - IGARA OLIVEIRA LIMA - UFCG
Notícia cadastrada em: 26/04/2021 12:52
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao