Apresentação

 A Pós-Graduação stricto sensu na área da Fisioterapia e Reabilitação no Brasil possui história recente, contando com pouco mais de dez anos de atividades acadêmicas no País. O início das atividades stricto sensu na Fisioterapia brasileira ocorreu com a implantação em 1996 do primeiro curso de Mestrado em Fisioterapia na Universidade Federal de São Carlos-SP. Posteriormente, as universidades UFMG e USP nos anos de 2002 e 2003 respectivamente, também iniciaram suas atividades com a implantação de Programas de Pós-graduação em Ciências da Reabilitação.  Além destas iniciativas das IES públicas, algumas instituições privadas como a UNIMEP (SP), UNINOVE (SP) e UNITRI (MG) também iniciaram recentemente atividades de pós-graduação stricto sensu. Observou-se então, ao longo da última década, que os Programas de Pós-graduação em Fisioterapia surgiram apenas na Região Sudeste, especificamente, nos Estados de São Paulo e Minas Gerais, concentrando assim o total de cursos de stricto-sensu em Fisioterapia e Reabilitação no Brasil. No ano de 2006, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), através do Departamento de Fisioterapia, apresentou a CAPES a proposta de criação do Curso de Mestrado Acadêmico na área de Fisioterapia, sendo este, o primeiro da Região Norte-Nordeste e único da área fora do eixo sul-sudeste. A Pós-graduação  em Fisioterapia-UFRN foi aprovado pela CAPES e homologado pelo CNE (Portaria Nº 73- DOU19/01/2007-Parecer 267/2006 Pág 22 e 23,17/01/2007). A partir de 2010, o PPGFIS teve o seu curso de Doutorado aprovado.

 

OBJETIVOS

De acordo com o Art. 1o do REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA DA UFRN, Anexo da Resolução no 124/2019-CONSEPE, de 10 de setembro de 2019, o objetivo do Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia (PPGFIS) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte é a formação de Mestres e Doutores na área de Fisioterapia, aptos a atuarem como docentes e pesquisadores em Centros de Pesquisa e em Instituições de Ensino Superior. Ainda como parte dos objetivos, consideram-se os seguintes itens: I - incentivo ao aumento da produção científica do Departamento de Fisioterapia da UFRN e do Centro de Ciências da Saúde da UFRN; II - promoção do intercâmbio com outras unidades acadêmicas, da UFRN, IES brasileiras e do exterior, interessadas na produção do conhecimento científico na área da Fisioterapia.

 

 PERFIL DO EGRESSO

O perfil da formação do Mestre e Doutor em Fisioterapia formado pela UFRN será norteado pelos seguintes aspectos: I - formação na área de concentração de Avaliação e Intervenção em Fisioterapia, com aplicação de conhecimento específico nas diversas áreas de atuação da fisioterapia; II - sólida formação básica e específica quanto aos aspectos pertinentes à pesquisa em Fisioterapia; III - domínio de instrumentos metodológicos aplicáveis à pesquisa do movimento humano; IV - multi e interdisciplinaridade do conhecimento; V - formação acadêmica para atuação na docência e na pesquisa.

 

E-mail: ppgfis@ccs.ufrn.br / coord.ppgfis@gmail.com

Fone: 55 84 3342-2002

Celular da secretaria: 55 84 99193-6246

 

 


Endereço Alternativo


Coordenação do Programa

SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao