Apresentação

Objetivo do Curso

Formar, em nível de graduação tecnológica, jovens e adultos, egressos do ensino médio ou técnico, para a gestão de cooperativas, associações e outras organizacionais autogestionárias, colegiadas e em rede contribuindo para o desenvolvimento sociotécnico e político-institucional de áreas da reforma agrária, da agricultura familiar e de territórios rurais.

APRESENTAÇÃO

Instalado em 2013, a partir de Chamada Pública do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (PRONERA), executado pelo Instituto Nacional de Colonização e reforma Agrária (INCRA), o Curso efetiva-se sob aplicação de recursos da pedagogia da alternância. Cumpre função sociopolítica da Universidade pública de oferecer meios para que jovens e adultos, integrantes de organizações sociais e/ou beneficiários da reforma agrária, participem de atividades educativas, extensionistas e organizativas pelo acesso a conhecimentos que os habilitem como agentes de fomento ao desenvolvimento sociotécnico e político-institucional de áreas da reforma agrária, da agricultura familiar e de territórios rurais. Como egressos, esses atores poderão se tornar formadores, gestores sociais, gestores públicos ou sócios e líderes de empreendimentos econômicos solidários (EES), aprimorando o ato associativo no campo, que aparece, no caso da reforma agrária no Brasil, como requisito fundamental ao ciclo de concepção, implementação e avaliação de políticas públicas conduzidas pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA. Trata-se, aqui, de posicionar, em um mesmo espaço educativo, estudantes do campo e professores de Instituição de Ensino Superior (IES) na construção de diálogos e de formação em temáticas de gestão organizacional para viabilizar mudanças comportamentais na condução de demandas coletivas da agricultura familiar, de territórios rurais, e, em especial, da reforma agrária.  Dessa forma, intenta-se a formação de agentes de desenvolvimento local, líderes, empreendedores e gestores de organizações públicas, da sociedade civil. 

O Projeto Pedagógico contempla ações de formação profissional em Gestão de Cooperativas em sintonia com as Diretrizes Curriculares Nacionais do MEC/CNE para Cursos Superiores de Tecnologia e a missão da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN. É oportuno afirmar que uma das finalidades da Universidade Federal do Rio Grande do Norte é educar, produzir e socializar o saber, contribuindo para o desenvolvimento humano e comprometendo-se com a justiça social, a democracia e a cidadania. A IES assume, ainda, a finalidade de contribuir para o processo de desenvolvimento do Rio Grande do Norte e do País por meio da formação de quadros científicos e técnicos que atendam a necessidades da sociedade, o que exige a formação profissional de qualidade.

A Lei das Diretrizes e Bases da Educação (Lei 9394/96), em seu Artigo 39, conceitua educação profissional como sendo aquela integrada ao trabalho, à ciência e à tecnologia, conduzindo o educando ao permanente desenvolvimento de suas aptidões para a vida produtiva. A educação profissional pode ser compreendida, portanto, como importante estratégia para que os cidadãos tenham efetivo acesso às conquistas científicas e tecnológicas da sociedade. Assim, o Ministério de Educação, com a finalidade de atender a demandas da sociedade civil, em termos de qualificação, vem firmando parcerias com IES, no intuito da criação de Cursos Tecnológicos de Graduação, destinados a egressos do ensino médio e técnico. Os cursos superiores tecnológicos, considerados de graduação pela legislação vigente, têm como característica principal a capacitação técnica para atender aos diversos setores da economia e conferem, ao egresso, o diploma de Tecnólogo.

Levando em consideração as características dos agricultores familiares, no Brasil e, em especial, no Rio Grande do Norte, acredita-se que o cooperativismo, e organizações similares que em torno dele transitam, podem assumir relevante papel no desenvolvimento socioeconômico e político de comunidades e áreas rurais. Neste sentido, o presente Projeto atende agenda da Reforma Agrária brasileira ao tempo em que envolve, por um lado, uma IES pública – a UFRN – no cumprimento de sua missão e responsabilidade social. Por outro lado, envolve o INCRA/RN, por meio de cooperação firmada a partir do Programa Nacional de Educação e Reforma Agrária (PRONERA). Trata-se de uma proposta de Curso de Graduação Tecnológica em Gestão de Cooperativas, para a formação de jovens e adultos em áreas de assentamentos rurais da Reforma Agrária no Rio Grande do Norte.  

O Curso possui 1900 horas, divididas em 6 (seis) períodos letivos, nos anos de 2013, 2014 e 2015. As atividades previstas consideram o cumprimento de componentes curriculares obrigatórios, componentes curriculares optativos, atividades complementares e a elaboração de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), respectivamente, 1500, 120, 100 e 180 horas. O Tempo Escola totaliza 1215 horas em sala de aula, e, o Tempo Comunidade, 405 h/a, representando, respectivamente, 75% e 25% da carga horária. Todas as atividades ocorrem sob orientação de docentes e acompanhamento de estudantes de apoio acadêmico e técnico na função de monitores. Realiza-se em encontros mensais, de uma semana de duração, nos turnos matutino e vespertino, norteado pela indissociabilidade de ensino, pesquisa e extensão, com atividades presenciais na UFRN e vivenciais, de diagnóstico e ação, pesquisa-ação. Está alocado, na UFRN, no Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) e é coordenado pelo Prof. Washington José de Souza. CV Lattes http://lattes.cnpq.br/2387611219688981 ORCID https://orcid.org/0000-0001-6295-2806

Coordenação do Programa: Nenhum conteúdo disponível até o momento

Telefone/Ramal:

E-mail: Nenhum conteúdo disponível até o momento

Título do Profissional: Nenhum conteúdo disponível até o momento Área de Conhecimento CNPQ: Ciências Sociais Aplicadas Convênio Acadêmico : Nenhum conteúdo disponível até o momento Modalidade de Curso: Presencial
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Calendário Acadêmico.
  • 30/09/2021 - 07/10/2021 · Matrícula para o período 2021.2.
  • 18/10/2021 · Início do período letivo 2021.2.
  • 30/09/2021 - 07/10/2021 · Matrícula para o período 2021.2.
Notícias Veja abaixo as noticias referentes ao nosso Curso.
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa15-producao.info.ufrn.br.sigaa15-producao